DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Todas as universidades estaduais da Flórida cancelam aulas presenciais

University of Central Florida. Foto: Facebook.

A Junta de Governadores do Sistema Universitário Estadual da Flórida está orientando todas as universidades do estado a implementar um plano em resposta ao novo coronavírus (COVID-19) para incluir instruções remotas para os alunos durante um período de duas semanas.

Flórida declara estado de emergência e reforça alerta de viagens pelo coronavírus

A medida, que entrou em vigor imediatamente, foi anunciada em comunicado divulgado pela diretoria na tarde de quarta-feira, 11. No entanto, cada universidade determinará o momento do plano. A Universidade da Flórida e a Universidade Estadual da Flórida estão iniciando o processo esta semana.

“Em primeiro lugar, a saúde e a segurança dos estudantes no Sistema Universitário Estadual são nossa principal prioridade. Como continuamos a monitorar a propagação do vírus COVID-19, ficou claro que para proteger os estudantes e os residentes de nosso estado , orientação proativa ao invés de reativa para as universidades é necessária “, dizia o comunicado.

Segundo o plano, os campi permanecerão abertos e as operações continuarão, com alguns ajustes determinados por cada universidade. Todas as escolas planejam fazer a transição para o ensino remoto o mais rápido possível.

LEIA TAMBÉM  Emoção no enterro de Eliete Barcelos

O governador Ron DeSantis disse na quarta-feira que pedir aos instrutores que se preparem para as aulas on-line é “a coisa mais prudente a se fazer”.

Condado de Broward declara emergência após quarto caso de coronavírus

Acho que estamos nos preparando para ver mais casos (CODIV-19)”, disse o governador a repórteres em entrevista coletiva no Capitólio. “Portanto, acho prudente que eles façam isso e eles podem reavaliar em tempo real à medida que avançamos.”

As universidades estaduais com estudantes que voltaram do “spring break” devem implementar um processo de transição para instrução remota imediatamente e incentivar os estudantes a voltar para casa por pelo menos duas semanas, informou o conselho.

Cada universidade fornecerá informações detalhadas sobre o menor tempo possível com relação a essa transição. Isso inclui a Universidade da Costa do Golfo da Flórida, a Universidade Internacional da Flórida, a Universidade Politécnica da Flórida e a Universidade da Flórida.

As universidades estaduais com estudantes que estão atualmente no “spring break” ou prestes a estar de férias devem orientar seus alunos a NÃO retornarem ao campus por pelo menos duas semanas.

LEIA TAMBÉM  Batuke Samba Funk Acústico no Brazilian Beat 2016

Isso inclui estudantes da Universidade Agrícola e Mecânica da Flórida, da Universidade Atlântica da Flórida, da Universidade Estadual da Flórida, da New College of Florida, da University of North Florida, da University of Central Florida, da University of South Florida e da University of West Florida.

Todas as universidades continuarão a fornecer serviços essenciais, como refeições, aconselhamento, serviços de saúde, serviços de biblioteca etc., potencialmente de forma limitada ou remota. Cada universidade com programas clínicos e outros programas não baseados em sala de aula se comunicará diretamente com esses alunos, afirmou o conselho.

“Enquanto os estudantes são incentivados a permanecer fora do campus, cada universidade deve desenvolver um plano para fornecer acomodações residenciais para estudantes que precisam de assistência ou devem permanecer no local”, dizia o comunicado.

O Sistema da Universidade Estadual da Flórida disse que essa diretiva será reavaliada quando o conselho consultar os Centros de Controle e Prevenção de Doenças sobre as diretrizes sobre o COVID-19. Com informações do Fox35.

LEIA TAMBÉM  Estréia o 22º Miami International Film Festival

Comments

comments

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News



288