DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Condado de Broward declara emergência após quarto caso de coronavírus

Em meio às crescentes preocupações com o coronavírus, o condado de Broward declarou emergência nesta terça-feira, 10, depois que um quarto morador testou positivo para a doença. A declaração veio um dia após o governador Ron De Santis também declarar emergência para o estado.

Ativado no nível 2, o anúncio de emergência entrou em vigor ao meio-dia e requereu a ativação parcial do pessoal do serviço de emergência do Centro de Operações de Emergência (EOC) em Plantation.

Caso entre no nível 1, envolverá a ativação total de todo o pessoal de emergência, com a expectativa de que todos os envolvidos estejam em seus postos no centro de operações de emergência ou em qualquer outro local do condado.

“Esta é uma situação muito, muito preocupante e precisamos agir o mais rápido possível”, disse Bertha Henry, administradora do condado de Broward.

Flórida declara estado de emergência e reforça alerta de viagens pelo coronavírus

A última vítima é uma mulher de 69 anos, sem histórico conhecido de viagens internacionais. Ela é o terceiro caso em Broward conectado a uma empresa que opera em Port Everglades.

LEIA TAMBÉM  Palm Beach ordena evacuação de 150 mil; acompanhe as últimas notícias

Os outros três casos envolvem funcionários da Metro Cruise Services, que presta serviços de convidados para navios de cruzeiro que atracam no porto, disse Helen Ferre, porta-voz do governador Ron DeSantis.

Cerca de 150 pessoas trabalham para a empresa, e funcionários que podem ter tido contato com pessoas que foram confirmadas como positivas para o COVID-19 estão sendo notificados, disseram autoridades.

“O Departamento de Saúde da Flórida recomenda que todos os indivíduos com sintomas que viajaram recentemente por Port Everglades entrem em contato imediatamente com o Departamento de Saúde do Condado ou com o profissional de saúde e se auto-isolem por 14 dias”, publicou o órgão.

Os vereadores do Condado de Broward expressaram preocupação de que o número real de casos possa ser muito maior devido à falta de testes suficientes pelo Departamento de Saúde da Flórida. “Existem” 4 casos em Broward, mas não temos ideia de quantos realmente existem “, disse o vice-prefeito Steve Geller.

Em uma reunião da Comissão do Condado de Broward nesta terça-feira, os vereadores discutiram a necessidade de mais limpezas nas instalações do condado, incluindo bibliotecas e ônibus, além de pedir a motoristas de táxi e do Uber que fizessem o mesmo.

LEIA TAMBÉM  Furacão: saiba como se preparar e onde se abrigar

O Departamento de Estado dos EUA emitiu um comunicado no último domingo, 8, aconselhando o embarque em navios de cruzeiro durante essa crise- uma recomendação que surpreendeu as autoridades do sul da Flórida, onde o setor é um grande propulsor da economia.

As autoridades pedem a qualquer pessoa que viajou passando pelo Port Everglades e se sente doente, para ligar para o Departamento de Saúde do Condado de Broward ou seu médico e se isolar por 14 dias.

Comments

comments

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News



289