DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Sem esperança, famílias dos tripulantes do submarino argentino deixam a base

Submarino ARA San Juan. Foto: Armada Argentina.

Após a confirmação pela marinha argentina de que um barulho tenha sido uma explosão sofrida pelo submarino desaparecido, familiares dos 44 tripulantes estão sem esperanças de encontrar os sobreviventes e começam a deixar a base naval da Argentina.

A maioria decidiu voltar para casa e abandonara a Base Naval de Mar del Plata. Alguns ficaram, seja à espera de um milagre ou de mais notícias dos marinheiros.

Na tarde de sexta-feira, uma procissão em homenagem à tripulação percorreu as ruas de Mar del Plata em direção à base. Dezenas de pessoas acompanharam uma imagem de Nossa Senhora, que chegou no início da noite ao local onde alguns poucos parentes ainda resistiam em luto. Houve orações e silêncio.

Desaparecido desde o dia 15 de novembro, as buscas pela embarcação continuam e o que realmente aconteceu com o submarino ARA San Juan permanece um mistério.

Informações divulgadas pelas autoridades da marinha argentina indicam que houve um acúmulo de hidrogênio na cabine, decorrente de um problema na bateria. Uma faísca teria provocado a explosão.“É difícil de acreditar nessa hipótese”, disse. “Isso significaria uma tremenda falta de profissionalismo ou uma falha dos equipamentos de medição de hidrogênio.”

Segundo a imprensa argentina, muitas famílias criticaram a demora para o resgate e a falta de comunicação das autoridades sobre a real situação. “Peço ao presidente Macri que ele coloque ordem na casa”, disse Maria, em referência ao chefe do comando naval, cujo cargo estaria em risco.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
224