DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

São Paulo goleia o Tigres por 4 a 0

O São Paulo ficou muito perto da classificação para as semifinais da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, no Morumbi, o time são-paulino derrotou o Tigres por 4 a 0, com dois gols do goleiro Rogério Ceni – Luizão e Souza fizeram os outros. A decisão da vaga será dia 15 de junho, no México.

Com dois gols de falta, Rogério Ceni foi o destaque do São Paulo mais uma vez. Poderia ter levado nota 10 se tivesse convertido um pênalti, no segundo tempo. Mas foi fundamental para abrir o placar, quando o Tigres ainda ameaçava. E praticamente selou o resultado, em cobrança precisa, na etapa final.

O goleiro artilheiro do São Paulo balançou as redes pela 50ª vez na carreira, sendo 11 só neste ano. Também festejou marca curiosa: chegou a três gols marcados em Campagnuolo, que havia sofrido um de Rogério Ceni quando defendia o San Lorenzo, da Argentina, em 1999.

O São Paulo começou disposto, mas sentiu falta do volante Josué, suspenso. Mineiro se limitava à marcação e Renan, quando foi à frente, errou passes e não conseguiu armar jogadas. Porém, quando o time apostou nas tabelas rápidas no ataque, se deu bem.

A equipe criou a primeira chance de perigo aos 26 minutos, quando Cicinho bateu falta da esquerda e Danilo desviou de cabeça, mas o goleiro do Tigres salvou. No minuto seguinte, Júnior cruzou bem, mas Cicinho e Grafite furaram.

O São Paulo largou na frente com uma de suas armas mortais. Aos 30 minutos, Rogério Ceni cobrou falta com a habitual precisão – embora Campagnuolo tenha se posicionado mal – e abriu o placar. Cinco minutos depois, Júnior arrancou no contra-ataque, mas finalizou com defeito. Aos 35, porém, Luizão não desperdiçou. Bem colocado, recebeu passe de Cicinho e completou para as redes: 2 a 0.

O São Paulo voltou para o segundo tempo marcando a saída de bola do rival. Dessa forma, Luizão provocou a expulsão de Da Silva, aos 11 minutos. Na cobrança da falta, Rogério Ceni foi ainda mais preciso do que na primeira chance, acertou o ângulo de Campagnuolo e marcou o terceiro. Era o início da goleada.

Com a defesa rival totalmente aberta, o São Paulo aproveitou para marcar o quarto gol. Aos 15 minutos, Júnior lançou Souza, que teve liberdade para dominar, tocar na saída do goleiro e fazer 4 a 0.

O goleiro artilheiro teve nova chance aos 24 minutos, quando Tardelli foi derrubado na área. Mas Rogério Ceni pegou muito embaixo na bola e chutou para fora, perdendo o pênalti.

Sem alternativa, o técnico Leonardo Álvares colocou o Tigres no ataque, para tentar descontar. Mas não deu resultado. Foi o São Paulo quem perdeu boas chances para ampliar. E, embora Paulo Autuori tenha cobrado um placar mais elástico, a torcida que foi ao Morumbi nem reclamou, pois viu o time chegar bem perto da próxima fase.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196