DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Rice visita o Líbano a fim de obter acordos diplomáticos.

A secretária de Estado norte-americano, Condoleezza Rice, desembarcou nesta segunda-feira (24) ao Líbano, durante visita que tem como objetivo ampliar os acordos diplomáticos para dar fim aos confrontos entre Israel e o Hizbollah, que já duram 13 dias no sul do Líbano.

Logo após a chegada, Rice se encontrou com o primeiro-ministro libanês, Fuad Saniora. Sua viagem ao Oriente Médio é o primeiro esforço do Governo norte-americano para tentar achar uma saída para o fim dos conclitos na região, que começou em 12 de julho, depois que o Hizbollah seqüestrou 2 militares israelenses e matou outros oito.

O presidente, George W. Bush, se opôs a um cessar-fogo imediato, afirmando que a origem da crise, a dominação do Hizbollah no sul do Líbano, precisa ser resolvida. De acordo com a Casa Branca, a intervenção de tropas de paz internacionais pode ser necessária.

Evasão em massa

Cententas de estrangeiros continuam a deixar o Líbano por meio do porto de Beirute. A União Européia (UE) enviou uma navio para o porto de Tiro nesta segunda-feira. O Canadá também enviou um segundo navio para retirar estrangeiros detidos na região.

Grande parte das estradas e pontes do sul do Líbano foram destruídas por ataques de Israel.

Cerca de 4.500 britânicos e 12 mil norte-americanos já deixaram a região por via marítima. Segundo autoridades britânicas, todos os cidadãos do Reino Unido já foram retirados do Líbano.

Dois comboios levando geradores de energia elétrica, alimentos e outros itens de necessidade básica foram enviados de Beirute a Tiro nesta segunda-feira, segundo o CICV (Comitê Internacional da Cruz Vermelha). Um navio italiano chegou trazendo remédios, barracas, cobertores, água e geradores. Uma embarcação de ajuda da França também chegou à região.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223