DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Prós e contras de cartões obtidos através de cooperativas de crédito

Com as taxas do cartão bancário e as taxas de juros em alta, os cartões de crédito de uma cooperativa de crédito (“Credit Union”) podem ser uma escolha melhor do que um cartão tradicional emitido pelo banco. As cooperativas de crédito, que são cooperativas financeiras sem fins lucrativos de propriedade de seus membros, geralmente oferecem taxas mais razoáveis em seus cartões de crédito do que os bancos.
O custo anual médio de propriedade de um cartão de crédito emitido por uma cooperativa de crédito é cerca de 50% menor que o do cartão emitido pelo banco.
As taxas máximas de multa por pagamento atrasado em uma cooperativa de crédito também são muito menores que as dos bancos: US $ 22,50 versus US $ 35,00.
Geralmente as taxas de juros também são bem menores do que os cartões tradicionais. Ainda assim, os cartões de crédito de cooperativas podem não ser para todos. Aqueles que procuram um cartão de recompensas premium podem preferir vantagens e benefícios mais robustos oferecidos por alguns bancos e instituições financeiras.

Prós
Taxas mais baixas de juros. Como as cooperativas de crédito são de propriedade de membros, muitas vezes eles são capazes de oferecer taxas de juros bem mais competitivas do que as dos bancos tradicionais.
Os consumidores que rotineiramente pagam com alguns dias de atraso, ou carregam um saldo anterior, também podem achar que um cartão de crédito de cooperativa é muito mais barato do que o emitido pelo banco.
De acordo com o rastreador de taxas de juros Datatrac, no final de 2017, a taxa de juros média em um cartão de crédito de cooperativa é de 9,37% em comparação com a taxa média do cartão de crédito bancário, de 17,24%
Muitos cartões de crédito não cobram uma taxa de transferência de saldo. Os consumidores que não puderam negociar uma taxa de juros mais baixas em seu cartão bancário, podem desfrutar de uma transferência de saldo sem taxas, ou de baixo custo, para um cartão de crédito de cooperativa.

Contras
A aprovação pode não ser fácil. Você precisa se tornar um membro de uma cooperativa de crédito antes de se candidatar a um dos seus cartões de crédito.
A maioria das cooperativas de crédito restringem a sua adesão a comunidades, empregadores ou organizações particulares. Por exemplo, o Navy Federal Credit Union atende membros do Departamento de Defesa e suas famílias.
Verifique com seu empregador e com todos os grupos ou associações a que você pertence e descubra se você é elegível para se juntar a uma cooperativa de crédito. Você também pode tentar a ferramenta de localização de cooperativas de crédito asmarterchoice.org, que é administrada pela Associação Nacional de Cooperativas de Crédito (CUNA).
Para se associar, você tem que comprar o que é conhecido como uma participação de “valor nominal” na cooperativa de crédito, que normalmente exige a abertura de uma conta com depósito único.

Os bancos tambémoferecem taxas baixas
Certifique-se de que os APRs em cooperativas de crédito para as quais você é elegível realmente têm taxas melhores do que as oferecidas pelos bancos. Por exemplo, Simmons First, um banco da comunidade de Arkansas, é um exemplo de um banco que oferece uma APR de 10,25% em seus cartões Visa Platinum.
Existem poucas opções para “crédito ruim”. Se você tem crédito abaixo da média, poderá ter problemas para se qualificar para alguns cartões de crédito. Verifique sua pontuação de crédito antes de se inscrever para que você saiba antes se será elegível.
Uma ótima semana e um Feliz Natal para todos!

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,,

Claudia Fehribach
Claudia Fehribach
Carioca, formada em Artes pela Universidade do Rio de Janeiro. Conselheira financeira especialista em orçamento, aconselhamento de crédito pessoal e hipotecas reversas. Atua na empresa DebtHelper.com. Envie sua dúvida por email.
226