DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Palmeiras luta contra a ansiedade

A derrota para o Paraná por 2 a 1 no Palestra Itália – com os reforços Marcinho, Juninho Paulista e Washington em campo – deixou o torcedor do Palmeiras preocupado e com uma pergunta na cabeça: o time tem condições de derrotar o São Paulo, atual campeão paulista, com o grupo atual? Para os jogadores da equipe do Palestra Itália, consertar os erros cometidos na última partida em dois dias e jogar de igual para igual contra o Tricolor pelas oitavas-de-final da Taça Libertadores não é tarefa impossível.

“Acho que a gente tem de entrar mais concentrado para não cometer erros – tivemos muitos contra o Paraná – e principalmente evitar a ansiedade porque acho que isso nos atrapalhou muito. A gente queria marcar gol logo”, disse o lateral Lúcio. Segundo ele, o time dever ter um melhor desempenho se tiver paciência. “A gente rifou muito a bola. Quando a jogada de gol não sai, a gente tem de ter mais paciência de trabalhar a jogada.”

Lúcio acredita que a integração de Marcinho, Juninho Paulista e Washington (os três foram inscritos na Libertadores hoje) não deve trazer dificuldades ao time. “Muita gente falou que a gente perderia entrosamento, mas eles são jogadores inteligentes e de muita qualidade técnica de modo que deverão se adaptar rapidamente ao time.” O lateral espera, por exemplo, conseguir um bom entrosamento com Washington. “Ele é bom pelo alto.”

O atacante, por sua vez, fará sua estréia na Libertadores bem credenciado: afinal, foram os dois gols do jogador que levaram a Portuguesa a quebrar a invencibilidade do São Paulo recentemente no Campeonato Paulista. Mas Washington prefere a posição de modéstia. “Melhor deixar o favoritismo do lado deles (são-paulinos). Isso tira a pressão sobre o time”, avalia.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
273