DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Operação desmonta esquema de fraudes no Amazonas e Rondônia.

A Polícia Federal, em parceria com a Receita Federal e o Ministério Público Federal, iniciou nesta sexta-feira (11) a Operação Saúva, para desmontar um esquema de fraude em licitações públicas no Amazonas e em Rondônia. Devem ser cumpridos 47 mandados de busca e apreensão e 33 de prisão.

Segundo a assessoria de imprensa da Receita Federal, a estimativa é de que o esquema tenha movimentado cerca de R$ 53 milhões, somente no ano passado.

De acordo com a assessoria, o principal foco de investigação foi a ação de quatro grandes grupos empresariais. Eles se juntavam para oferecer produtos, principalmente alimentícios, a órgãos públicos nas esferas federal, estadual e municipal. A investigação revelou que os envolvidos criavam empresas ou para participar diretamente das licitações públicas ou para compor o processo licitatório como coadjuvantes na formação de número de concorrentes.

Foram criadas cerca de 30 empresas beneficiadas em processos licitatórios. Dessas, 19 movimentaram cerca de R$ 354 milhões nos últimos seis anos, mas declararam à Receita Federal apenas R$ 27,7 milhões referentes ao mesmo período.

De acordo com a assessoria, colaboraram com as fraudes duas lobistas para cooptação, tráfico de influência e corrupção de servidores públicos. Já foram apreendidos documentos que indicam a prática de crimes contra a ordem tributária, como sonegação fiscal, falsidade ideológica, contra o sistema financeiro, contra a administração pública e lavagem de dinheiro.

Participaram das investigações 34 servidores da Receita Federal e cerca de 200 da Polícia Federal. À tarde, representantes da Receita e da PF darão entrevista sobre a operação em Manaus.

Agência Brasil

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222