DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Ópera de Elvis Costello estréia na Dinamarca

Estreou no sábado na Dinamarca a primeira ópera composta pelo cantor britânico Elvis Costello.
O espetáculo faz parte dos eventos que marcam as celebrações do bicentenário de nascimento do escritor Hans Christian Andersen.

A peça está em cartaz na moderna nova Casa de Ópera de Copenhague, a capital dinamarquesa.

Costello, cujo nome verdadeiro é Declan McManus, é um dos maiores nomes da música pop britânica. Ao longo de sua carreira de mais 20 anos ele já transitou por estilos tão diversos como o punk, a new wave, o jazz e o country.

A obra que marca sua estréia como compositor lírico é The Secret Arias, que trata do romance entre o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen e a soprano sueca Jenny Lind.

Costello conta ter se surpreendido quando foi convidado pelo Teatro Real da Dinamarca para compor uma ópera sobre Andersen, um dos patrimônios culturais do país escandinavo e autor de clássicos contos infantis, como O Patinho Feio, As Roupas Novas do Imperador e A Pequena Sereia.

Hans Christian Andersen

Em princípio, Costello diz ter se perguntando “por que eles não escolheram um compositor dinamarquês?”. “Mas depois me lembrei que Andersen pertence ao mundo”, acrescentou.

Costello emergiu na cena punk-new wave de meados dos anos 70 na Grã-Bretanha, tendo feito sucesso nesta época com músicas como Oliver’s Army e Alison.

Mais tarde, ele colaborou com diversos artistas, entre eles Paul McCartney e Burt Bacharach. Costello já havia flertado com a música clássica, ao realizar colaborações com a soprano sueca Anne Sofie Van Otter e com o quarteto de cordas Brodsky Quartet.

Costello não é o primeiro artista pop a realizar peças de música clássica. No passado, nomes como Paul McCartney, o ex-Pink Floyd Roger Waters e Billy Joel já demonstraram suas habilidades na música erudita.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
165