DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Nélida Piñon vence prêmio Príncipe de Astúrias

A escritora Nélida Piñon foi anunciada vencedora nesta quarta-feira do Prêmio Príncipe de Astúrias de Letras.
Superando outras 30 candidaturas de 31 países, a primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras passa a ser também a primeira representante da língua portuguesa a ganhar essa condecoração.

O prêmio será entregue em outubro pelo príncipe Felipe de Bourbón, herdeiro do trono espanhol, numa cerimônia especial de 25 anos da Fundação Príncipe
de Astúrias.

Na celebração, a Unesco vai declarar a premiação como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Grupo seleto

A escritora carioca de 68 anos entra para o seleto grupo de vencedores ao lado de Günter Grass, Arthur Miller, Susan Sontag e Mario Vargas Llosa.

Ela receberá um cheque de 50 mil euros (aproximadamente R$ 150 mil) e uma
escultura do artista plástico espanhol Joan Miró.

O júri composto por 20 intelectuais espanhóis definiu a obra de Nélida Piñon como um “trabalho destacado em defesa dos direitos humanos e principalmente dos direitos das mulheres” e também como a escritora “mais importante da sua geração”.

Os prêmios Príncipe de Astúrias são entregues anualmente em oito categorias.

O Brasil já venceu em Cooperação Internacional com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o presidente Lula, e na de esporte com a Seleção.

Outros premiados de destaque foram o cineasta Woody Allen, o filósofo Stephen Hawking e o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela.

Nélida Piñon é filha de imigrantes espanhóis radicados no Brasil nos anos 20 e a candidatura dela foi proposta por intelectuais no Rio de Janeiro.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
200