DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Mulheres são as ?donas? do esperma

Uma corte de apelação nos EUA decidiu que um homem pode processar uma mulher por danos morais ao descobrir que a amante usou seu esperma, sem autorização, para engravidar, mas não pode acusá-la de roubo, porque uma vez produzido o esperma se torna propriedade dela. A decisão manda o processo por danos morais aberto pelo médico Richard O. Phillips contra a também médica Sharon Irons de volta à primeira instância.

Philips acusa Irons de uma “traição calculada, pessoal e profunda” ao final do caso que mantiveram seis anos atrás. Ela teria guardado sêmen depois de fa-zerem sexo oral, e usado o esperma para engravidar. Ele diz que só descobriu a existência da criança quando Irons o processou exigindo pensão. Testes de DNA confirmam a paternidade.

Philips então processou Irons por danos morais, roubo e fraude. Os processos foram recusados pela Justiça de primeira instância, mas agora o caso por danos morais poderá prosseguir. Os juízes da corte de apelação concordaram em descartar as acusações de fraude e roubo, afirmando que Irons não roubou o esperma.

“Ela afirma que quando o queixoso ´entregou´ seu esperma, isso foi um presente – uma transferência absoluta e irrevogável de título de propriedade entre doador e receptor”, diz o veredicto. “Não houve acordo de que o depósito teria de ser devolvido quando soli-citado”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196