DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Morte de imigrantes em Ceuta foi acidental, diz Guarda Civil

A morte de dois imigrantes nesta sexta-feira ao tentar saltar o muro que separa Ceuta – cidade autônoma espanhola do norte da África – do Marrocos foi acidental, informaram fontes da Guarda Civil. Segundo essas fontes, entre 500 e 600 imigrantes tentaram saltar o muro para entrar em território espanhol por volta das 3 horas da madrugada de hoje (22 horas de Brasília).

Um dos imigrantes morreu ao ficar enganchado pelo pescoço na parte superior da grade de arame farpado enrolado em círculo, que rodeia o muro. O outro pode ter morrido ao cair no chão e ser esmagado por seus companheiros, indicaram as fontes. Cerca de 40 pessoas ficaram feridas na tentativa da invasão em massa.

As fontes explicaram que os guardas-civis utilizaram material antidistúrbio para tentar conter a invasão em massa e solicitaram ajuda à polícia, mas ressaltaram que não efetuaram disparos.

Nas últimas segunda e terça-feira, mais de mil imigrantes tentaram entrar na Espanha pelo muro que separa Melilla – outra cidade autônoma espanhola no norte da África – do Marrocos. Por volta de 300 africanos conseguiram entrar na cidade.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152