DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Mais de 100 empresas norte-americanas visitam Cuba para fazer negócios

A rodada de Negócios Cuba-Estados Unidos começou hoje em Havana com a participação de 114 empresas de 25 estados americanos, cinco congressistas do país e a perspectiva de fechar negócios no valor de mais de US$ 100 milhões.

As autoridades cubanas aproveitaram a inauguração do evento perante os 256 delegados credenciados para destacar as oportunidades que a ilha oferece aos empresários americanos.

“Cuba hoje constitui para os Estados Unidos o principal e novo mercado potencial do qual dispõem os empresários” desse país, disse o presidente da companhia importadora estatal Alimport, Pedro Álvarez, durante seu discurso na rodada que vai terminar na próxima quarta-feira.

Ele lembrou que desde que em dezembro de 2001 foi aberta a porta para as exportações de produtos da agroindústria dos EUA para Cuba, a ilha comprou 7,8 milhões de toneladas em alimentos, pagando US$ 2,343 bilhões.

Acrescentou que os EUA poderiam ser “um grande fornecedor” no setor hoteleiro e no mercado interno, não só no setor alimentício, mas também em outros.

Cuba importa anualmente cerca de US$ 1,6 bilhão em produtos agroalimentares, deles, em 2006, US$ 570,8 milhões foram comprados de empresas americanas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153