DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Jornada longa de trabalho faz mal à saúde, diz estudo

Longas jornadas de trabalho podem aumentar o risco de lesões e doenças, afirma um novo estudo divulgado nos Estados Unidos.
De acordo com os pesquisadores da Universidade de Massachusetts, as pessoas que fazem hora extra têm 61% mais chances de ter problemas de saúde.

Esse risco é ainda um terço maior caso a pessoa trabalhe mais de 12 horas diárias.

O levantamento analisou o impacto sobre a saúde de 110.236 jornadas de trabalho nos Estados Unidos entre 1987 e 2000. Os resultados estão publicados na revista especializada Occupational and Environmental Health Journal.

Fator indireto

Um dos autores do estudo, Allar Dembe, disse que o risco não está necessariamente associado a atividades perigosas.

“Os resultados deste estudo sugerem que trabalhos com longas jornadas não são mais arriscados por estarem concentrados em indústrias ou ocupações naturalmente mais perigosas”, afirmou ele.

“Nossas descobertas comprovam a hipótese de que longas jornadas indiretamente precipitam acidentes no local de trabalho por meio de um processo causal, por exemplo, provocando fadiga ou estresse nos trabalhadores.”

Os pesquisadores identificaram 5.139 doenças e lesões relacionadas ao trabalho – estresse, cortes, queimaduras e lesões musculares, entre outros problemas.

Mais da metade dessas lesões e doenças aconteceu em lugares onde é comum trabalhar longas jornadas ou fazer hora extra.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153