DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Imigração prende 61, a maioria da Flórida.

Agentes de imigração prenderam 61 imigrantes em uma operação rea-lizada em todo o país, tendo como alvo pessoas que tiveram pedido de asilo negado, mas permaneceram nos Estados Unidos, contra determinação judicial de deixar o país.

A maioria das prisões ocorreu no Sul da Flórida, sendo 35 em Miami-Dade e 16 no condado de Broward, informou Barbara Gonzales, porta-voz da Immigration and Customs Enforcement (ICE). Entre os presos está Glenn Zazim Khan, de 34 anos, natural de Trinidad e Tobago, que tem condenação criminal por homicídio culposo, agravado por assalto.

Ele havia recebido ordem de deportação no ano passado, e foi preso na semana passada em Orlando.

As prisões seguem uma iniciativa federal que começou em abril para detenção de imigrantes dentro dos Estados Unidos, e não apenas na fronteira com o México. A ação inclui esforços de buscar empregadores que contratam conscientemente trabalhadores indocumentados, e para capturar mais candidatos a deportação entre os imigrantes que já estão presos.

Agentes federais estão também em busca de imigrantes que ignoraram ordens judiciais de deportação depois de ter negado o pedido de asilo. O departamento de Homeland Security estima que há mais de 590 mil fugitivos nestas condições vivendo no país. Desde março de 2003, cerca de 31 mil fugitivos foram presos.

“Todos os que deixaram de cumprir uma ordem de deportação devem saber que estamos procurando por você. Nós estamos comprometidos a restaurar a integridade do sistema de imigração em nosso país”, disse Michael Rozos, diretor do escritório de detenção e remoção do ICE na Flórida.

O número de casos de ordens de deportação chega a 40 mil ao ano. Até setembro, o ICE pretende aumentar de 35 para 52 o número de equipes de caça a fugitivos.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222