DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Imigração desconhece o destino de 623 mil estrangeiros

O Governo dos Estados Unidos que destinou mais de US$ 204 milhões para a localização e detenção de imigrantes ilegais, não sabe onde estão cerca de 623 mil estrangeiros, informou o Departamento de Segurança Nacional.

O Inspetor Geral (IG) desse departamento apresentou um relatório sobre as operações de 52 equipes criadas dentro do Escritório de Detenção e Expulsão, que é parte da burocracia de imigração dos Estados Unidos. Os esforços das equipes, indicou o IG, foram prejudicados por “uma capacidade insuficiente de detenção, os limites nos bancos de dados de imigração e o espaço de trabalho inadequado”.

O relatório de 68 páginas assinala que “o Escritório de Detenção e Expulsão é responsável pela promoção da segurança pública e a segurança nacional, assegurando-se que, mediante a aplicação das leis federais de imigração, todos os imigrantes ilegais que devam ser deportados saiam dos Estados Unidos”. Em junho de 2006, acrescentou o relatório, “havia 4.170 empregados em tempo integral que trabalhavam em 23 escritórios em todo o país. Para o período fiscal 2006 (que terminou em 30 de setembro), o orçamento do escritório era de US$ 1 bilhão”.

O Departamento de Segurança Nacional foi criado em 2002, como resposta aos ataques terroristas nos Estados Unidos em setembro de 2001, representando a maior reforma burocrática no país desde a criação do Pentágono depois da Segunda Guerra Mundial. O Departamento, que se formou combinando mais de quinze agências de espionagem, vigilância interna e várias policiais, empregou cada vez mais dinheiro nas tarefas de detenção, identificação e deportação de estrangeiros imigrantes ilegais. A alocação orçamentária para seu Escritório de Detenção e Expulsão recebeu US$ 9,3 milhões no período fiscal 2003.

Para 2005 a destinação tinha crescido para mais de US$ 71 milhões e no período fiscal 2006 foi de US$ 112 milhões. Diferentes grupos privados e agências do Governo calculam que nos Estados Unidos existam entre 11 e 16 milhões de estrangeiros que entraram ilegalmente no país, ou lá permanecem sem o visto de residente.

O Governo acredita que aproximadamente 5,5% desses estrangeiros são “fugitivos”, ou seja, que não saíram do país quando o visto venceu. O relatório do IG assinalou que os relatórios que são enviados semanalmente aos 23 escritórios do Departamento de Segurança Nacional “não refletem com precisão o que as equipes fizeram na realidade”, em relação à captura e deportação.

Fonte: A Semana.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153