DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Fluminense e Botafogo mantém seriedade

Após quatro rodadas, Fluminense e Botafogo não estão iguais somente na campanha de 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro, mas também no discurso para explicar a boa fase: objetivo, trabalho, união, e determinação. Nem mesmo o inédito feito de um clube carioca estar na liderança do Nacional, desde que a competição passou a ser por pontos corridos, serviu para iludir os jogadores cariocas, pelo contrário, todos estão cientes de que a disputa está “apenas começando.”

Líder isolado do Brasileiro, por ter marcado um gol a mais do que o Botafogo, o Fluminense, ao assumir a posição, em vez de elogios, ganhou um “puxão de orelhas” do técnico tricolor Abel Braga. O treinador não gostou da atuação da equipe na goleada sobre o Brasiliense, por 3 a 0, no domingo. “Não jogamos bem. Basta ver que o Kléber (goleiro) foi o melhor da partida. O placar não refletiu o que foi a partida”, disse o técnico do Fluminense. “Mas é claro que na tabela tudo vai bem. Só que ainda faltam muitos jogos.”

O técnico do Botafogo, Paulo César Gusmão, também repreendeu o time pelo o que considerou ter sido o pior jogo da equipe neste Brasileiro. De acordo com Gusmão, durante a vitória sobre o Atlético-MG, por 2 a 1, no sábado, a equipe deixou transparecer vários erros, como a ansiedade. Nesta segunda-feira, inclusive, chamou a atenção de todos, durante uma reunião antes do início do treinamento.

Gusmão, no entanto, ressaltou que a superação dos jogadores, a garra e a motivação têm sido fundamentais para o sucesso do Botafogo no Nacional. O treinador lembrou que estas foram suas primeiras preocupações ao assumir o time. “Precisávamos ter um objetivo. Depois que o estabelecemos, foi necessário trabalharmos a motivação do grupo”, explicou Gusmão. “Agora, não é porque estamos com 100% de aproveitamento que vamos relaxar, pensar em classificação para a (Copa) Libertadores ou até mesmo em títulos. Vamos por etapas.”

O volante alvinegro Almir ratificou as palavras de Gusmão. Para ele, o Brasileiro está no início e uma avaliação sobre os principais concorrentes ao título só poderá ser feita após dez rodadas realizadas.

Já o zagueiro Rafael Marques citou a humildade e o respeito que o time tem por todos adversários para justificar a boa fase. E, apesar de não estar na liderança, o Flamengo, em oitavo lugar na tabela de classificação, com sete pontos, se animou com a vitória, de virada, por 2 a 1, sobre o Santos, no domingo. Para o elenco, o técnico rubro-negro Celso Roth tem sido o principal responsável pela mudança em campo na postura da equipe.

“Desde que o Celso Roth assumiu, ele tem tido preocupação com a coesão do grupo. Tem trabalho muito o sistema defensivo e estamos nos acertando”, disse o goleiro Diego, que no domingo foi o principal jogador da vitória rubro-negra. “Mas temos que continuar jogando com raça e motivação como fizemos contra o Santos.”

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196