DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Entra em vigor cobrança por despacho de bagagem

As novas políticas de bagagens para voos nacionais e internacionais das companhias aéreas entraram em vigor na última quinta-feira, 18.

Passageiros devem prestar atenção ao adquirir as passagens para voos nacionais e internacionais. Gol, Azul e Latam passarão a fazer cobrança diferenciada de quem enviar malas, enquanto Avianca e TAP, por enquanto, não farão a cobrança adicional.

Na Latam, para voos domésticos, a franquia passa a ser de uma única mala de até 23 kg. Atualmente, esse já é o peso permitido, mas não há limite de volumes despachados.Já a franquia para voos internacionais passa a ser de duas malas de 23 kg cada – e não mais as duas peças de 32 kg cada permitidas até então, uma redução de 29%.

A companhia vai manter a permissão de levar na cabine uma bagagem de mão de até 10 kg, o que decorre da nova Resolução da Anac e não de política das cias. O passageiro que queira viajar sem bagagem e sem remarcação poderá economizarR$ 40ao selecionar a tarifa Light. Haverá mudança também na cobrança pelo excesso de bagagem, que terá tarifas fixas por peso e por tamanho das malas.

A partir de julho, a LATAM deve iniciar a cobrança pelas bagagens em voos domésticos, oferecendo preços diferenciados de passagens para passageiros que optarem por não despachar as bagagens.Segundo a empresa, o preço da primeira mala será de R$ 30 para compras antecipadas.

Azul e GOL terão tarifa diferenciada em junho

A Azul oferecerá a partir de1º de junho a chamada Tarifa Azul – com até 30% de desconto para clientes que partam de Viracopos, em Campinas, São Paulo, para 14 destinos no Brasil e que não despachem bagagens. Essa nova modalidade será inserida gradativamente a partir dessa data para atender a toda a malha de voos da companhia. Nessa modalidade, se o cliente mudar de ideia, poderá incluir os23 kgde bagagem, a qualquer momento, por mais R$30 reais e clientes que comprarem a passagem pelo preço normal continuam com a franquia de bagagem de 23 quilos.

A Gol vai disponibilizar a partir de 20 de junho em seus canais de vendas uma nova tarifa mais econômica, chamada Light, para quem não precisar despachar bagagens. Essas regras passam a valer para bilhetes emitidos a partir de 20 de junho. Nos voos internacionais, o valor será equivalente a$10 no autoatendimento e agências e$20 dólares no balcão.

O passageiro que comprar a passagem “Light” e decidir despachar uma bagagem, pagará R$30 reais por uma mala de até 23 kg nos canais de autoatendimento e nas agências de viagens ou R$60 reais no balcão de check-in.

A Avianca e a TAP informaram que ainda analisam as possíveis mudanças em suas políticas de bagagem.

Com informações das companhias aéreas eda Agência Nacional da Aviação Civil (Anac).

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
198