DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

DHS volta atrás e aceita pedidos atrasados do DACA

Há cerca de 800 mil jovens nos EUA inscritos no DACA. Foto: Lamarque Reuters.

Após quase 100 pedidos de renovação das autorizações do DACA terem sido rejeitados por por atraso na semana passada, o United States Citizenship and Immigration Services (Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos), por meio do Department of Homeland Security, voltou atrás e informou que os pedidos poderiam ser reenviados nesta semana.

O atraso da chegada dos pedidos teria sido causado pelo serviço do correio e provocou a negativa para centenas de jovens. A diretora em exercício do Department of Homeland Security (Departamento de Segurança Interna), Elaine C. Duke, disse à agência de imigração que permita aos candidatos reenviar a papelada se tiverem a prova de que eles foram prejudicados por atrasos no serviço postal.

O prazo final de 5 de outubro levou a um frenesi de cerca de 132 mil pedidos, de acordo com a agência de imigração. Desses, pelo menos 4 mil renovações foram rejeitadas porque estavam atrasadas, de acordo com um funcionário do governo no dia 18 de outubro.

Anteriormente, o DHS havia dito que “não se responsabilizaria por qualquer atraso do serviço portal”. A rejeição dos pedidos atrasados ​​foi relatada pelo The New York Times na semana passada e gerou discussão em todo o país. O Serviço Postal assumiu a responsabilidade do atraso.

No dia 5 de setembro, a administração do presidente Donald Trump cancelou novos pedidos para o programa e pediu ao Congresso para que encontrem uma solução definitiva para os quase 800 mil jovens imigrantes que vivem atualmente no país sob essa autorização.

O Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA) foi criado em 2012 pelo ex-presidente Barack Obama e permitia que jovens que entraram ilegalmente nos Estados Unidos trazidos pelos pais quando criança pudessem estudar e trabalhar. Uma vez no programa, os jovens imigrantes podem permanecer legalmente nos Estados Unidos.

Aqueles cujas permissões expiram antes de 5 de março de 2018, foram autorizados a renovar seu pedido até 5 de outubro por um período de dois anos.

Com informações do New York Times.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
227