DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Custos de serviços básicos vão subir em 2007

De acordo com especialistas entrevistados pela CNN/Money, o custo de algumas despesas básicas deve ter um aumento de 3.7% no próximo ano. Taxas de banco, cartões de crédito e seguros vão ficar mais caros. No entanto, a gasolina, o grande inimigo do bolso dos consumidores em 2006, deve ficar mais barata.

O preço do petróleo bateu recorde em julho deste ano. No entanto, nas últimas semanas vem sendo cotado a $60 o barril, 25% a menos que no meio do ano. Para os próximos meses, a Energy Information Administration (EIA) prevê que o preço da gasolina fique em torno de $2,48 o galão, uma queda de 3.4% em comparação ao preço salgado de junho de 2006.
Em relação à calefação, no entanto, as previsões não são tão animadoras. A EIA prevê que neste inverno os custos crescerão em média 6.4% para quem usa óleo. Os consumidores que têm aquecimento elétrico pagarão 9.2% ou $853 a mais que no último inverno. Porém, aqueles que usam gás natural para aquecer suas casas pagarão 8.9% ou $869 a menos que neste ano.
Outro serviço que terá o custo reduzido no próximo ano é o empréstimo para estudantes. Nancy Pelosi, a provável líder da Casa dos Representantes declarou que os democratas estão dispostos a facilitar o acesso dos estudantes à faculdade, cortando pela metade as taxas de juros dos empréstimos concedidos a universitários. Fritz Elmendorf, porta-voz da Consumer Bankers Association, confirma a previsão. Ela acredita que exista uma chance de 50% dos empréstimos para estudantes ficarem mais baratos no ano letivo 2007/08.
A notícia não poderia ser melhor para quem deseja ingressar ou até mesmo concluir o curso superior. Há uma década, os custos com universidade sobem, ultrapassando os índices de inflação. Este ano, o preço médio de um curso de quatro anos atingiu $30 mil dólares pela primeira vez.
Aumentos – Taxas bancárias estão em um crescimento contínuo, por isso, especialistas acham que não há razões para acreditar que em 2007 será diferente. Duas vezes ao ano, o site Bankrate.com compara as taxas dos cinco maiores bancos do País. Na última pesquisa, divulgada em outubro deste ano, taxas relacionadas à conta corrente foram elevadas de $27.04 para $27.40 há alguns meses. Caixas eletrônicos também elevaram suas taxas de $1.60 para $1.67 no mesmo período.
Ao contrário das taxas bancárias, aquelas cobradas por empresas de cartão de crédito deverão manter-se estáveis. A razão, segundo alguns especialistas, é a constante reclamação dos consumidores que julgam injustas as taxas que pagam.
Proprietários também devem estar preparados para pagar mais pelo seguro da casa, que pode aumentar em 3% a 4% no próximo ano. Quem vive em áreas ameaçadas por furacões pode ver o seguro aumentar em 20%. Embora a temporada deste ano tenha sido amena se comparada a do ano passado, meteorologistas prevém temporadas severas nos próximos 15 anos.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164