DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Casal italiano mora por dez dias debaixo d’água

Um casal de mergulhadores italianos vai passar dez dias debaixo d’água, morando a cerca de 8 metros abaixo do nível do mar.
Stefania Mensa e Stefano Barbaresi vão fazer tudo, ou quase, que uma pessoa normal faz na superfície: comer, dormir, ver televisão e até se exercitar.

Metade aventura, metade experiência científica, o projeto, organizado pelo “Explorer Team Pellicano”, na Itália, pretende medir a capacidade de resistência do organismo humano em imersão e testar instrumentos e materiais de mergulho.

Os dois estão instalados numa plataforma de cimento de 12 m de largura por 12 m de comprimento, ao largo da ilha de Ponza, que fica perto de Roma, desde quarta-feira.

Nesse espaço foram colocadas duas camas, um sofá, mesa, cadeiras, um aparelho de televisão e uma bicicleta ergométrica.

Como astronautas

Para dormir, os cobaias estão fazendo como os astronautas, presos a camas especiais fixadas no cimento.

Para respirar, os mergulhadores não precisam carregar nas costas pesados tubos de oxigênio.

Eles usam ar normal, que vem de um barco ancorado na superfície.

O ar passa através de um tubo e é levado à boca com uma máscara, equipada de microfone, através do qual eles podem se comunicar com a equipe que está nos barcos.

Durante as 240 horas que vai passar debaixo d’água, o casal será filmado constantemente por oito câmeras e monitorado por uma equipe de especialistas em imersão, técnicos e médicos de diversas especialidades.

“É a primeira vez que se realiza uma experiência como esta”, disse à BBC Brasil Corrado Costanzo, anestesista e coordenador médico do projeto, que custou 300 mil euros.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152