DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Calor intenso faz algumas linhas do metrô de Nova York serem suspensas.

Após 4 dias consecutivos com termômetros marcando temperaturas elevadas o que gerou um enorme o consumo de energia em Nova York, as autoridades do transporte suspenderam nesta quarta-feira(19) o funcionamento de várias linhas do metrô por medo de cortes no fornecimento elétrico.

“Por causa da preocupação quanto ao fornecimento de energia nos bairros de Astoria, Long Island City, Sunnyside e Woodside, no Queens, o Departamento de Transportes de Nova York reduziu ou suspendeu o serviço de várias linhas que percorrem essas zonas”, informou a Autoridade Metropolitana de Transporte, quase três anos depois que a cidade ficou completamente às escuras durante 24 horas.

Apesar de a onda de calor ter diminuído com uma notável queda das temperaturas, os efeitos continuam a ser sentidos no transporte público e suas infra-estruturas.

Na véspera, as linhas de metrô que percorrem o oeste de Manhattan ficaram paradas durante uma hora e meia, enquanto que o aeroporto de La Guardia, um dos três principais da cidade, teve alguns de seus terminais fechados por cortes de luz.

A companhia de luz Con Edison pediu à população moderação no consumo de energia para evitar o blecaute sofrido no verão de 2003 e também o de 1977, quando Nova York viveu uma onda de delinqüência e milhares de prisões.

No final da noite de terça, uma pane de energia elétrica, que afetou por quase duas horas um radar na Califórnia (oeste), provocou a paralisação do tráfego aéreo no sul do estado, em particular no Aeroporto de Los Angeles.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223