DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Bruxelas se transforma para lançamento de Asterix

A equipe do desenhista Albert Uderso, um dos criadores do personagem Asterix, transformou a principal praça do centro de Bruxelas, a Grand Place, em uma autêntica aldeia gaulesa para marcar o lançamento do novo livro do personagem.
A obra, intitulada Le Ciel Lui Tombe Sur La Tête (O Céu Cai Sobre a Cabeça, em tradução livre) deve ser lançada no dia 14 de outubro em 27 países. No Brasil, a editora Record deve fazer o lançamento no fim de outubro.

Na Grand Place, o público poderá visitar as casinhas com tetos de palha gaulesas e brinquedos para as crianças, como uma catapulta. A aldeia ainda abriga um bar com delícias da Bretanha.

Um poço com a “fórmula mágica” que dá força a Asterix será colocado neste sábado na praça, e no domingo uma grande mesa estará pronta para receber o público, que poderá se sentar para degustar seu piquenique, como fazem os personagens do livro.

Além da transformação da Grand Place, outros eventos estão previstos para os próximos dias.

Neste sábado, uma das estátuas mais famosas da Bélgica, o Manneken Pis, será vestida com as calças brancas de listras azuis de Obelix, o companheiro de Asterix em suas histórias. Uma exposição, desfiles de bonecos vestidos a caráter e uma série de selos e moedas com os rostos os personagens também fazem parte do evento.

Poucos detalhes

Na quarta-feira, também para marcar o lançamento da nova aventura , dois aviões, batizados de Asterix e Obelix, fizeram vôos, um em direção a Manchester e o outro a Veneza.

As aventuras de Asterix e companhia já venderam até o momento 310 milhões de exemplares no mundo em 107 idiomas e dialetos.

Uderzo, de 78 anos, revelou muito pouco sobre o conteúdo do novo livro. Apenas o título e a capa foram apresentados. “Reservo a surpresa aos leitores, o prazer e a descoberta pessoal”, declarou na capital belga.

A nova capa do livro traz Asterix em primeiro plano com Obelix ao fundo carregando o menir, uma grande pedra, espécie de escultura apresentada sempre nos desenhos em quadrinhos.

O pequeno herói aprece golpeando uma bola de fogo parecida com um meteorito. Sobre os personagens, uma céu nebuloso, como se uma chuva estivesse para cair sobre eles. Daí o titulo.

Uderzo anunciou ainda que desta vez a história se passara na própria terra dos gauleses. Até então, os personagens costumavam viajar pelo mundo.

O desenhista disse que ele mesmo continua a criar seus desenhos apesar de não estar mais com a mão firme e enfrentar, desde sempre, a dificuldade de ser daltônico.

“Eu continuo a fazer sozinho desde a morte do meu amigo, René Goscinny (o cenarista dos primeiros livros, morto em 1977), concluiu.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152