DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Brasileiro dá golpe de $300 mil em Port St. Lucie

Morando desde outubro em Port St. Lucie, o brasileiro Marco Guizan está sendo procurado pela polícia da Flórida por ter recebido cerca de $300 mil para realizar trabalhos de construção e ter desaparecido dois meses depois.

De acordo com as investigações, Guizan também teria utilizado nomes, datas de nascimento e números de Seguro Social falsos, e lesado brasileiros em outros três estados: North Carolina, New Jersey e New York. Ele está em liberdade condicional acusado de 17 delitos considerados graves em North Carolina.

Antecedentes

O brasileiro já cumpriu pena de cinco anos nos EUA pelos mesmos crimes e, entre outros, utilizava também o nome de Marco Pinaio. “Ele lesou a comunidade brasileira porque provavelmente sabia que as pessoas não iriam denunciá-lo. Ele conhece a cultura, e sabe que muitos deles sequer falam inglês”, disse o policial brasileiro Wagner Leite, que investiga o caso.

Vítimas

Uma das vítimas do estelionatário foi o proprietário da empresa Land of Granite & Marble, James Ferraz, que forneceu em confiança a Guizan pedras no valor de $15 mil, e fez a instalação dos granitos. Ferraz recebeu o dinheiro pelos dois primeiros trabalhos, mas afirma que recebeu seis cheques sem fundos de Guizan, correspondentes aos demais trabalhos. “Ele sempre aparecia com muitos trabalhos para a empresa e quando era hora de pagar, pedia que esperasse mais uma semana. A maneira com que ele agia com todo mundo parecia muito confiável”, disse Ferraz.
Um aviso de “procura-se”, com a foto de Guizan foi colocado no comércio brasileiro local. A polícia local pede aos brasileiros que tenham qualquer informação, ou queixa contra Guizan, que façam contato. “As pessoas podem falar com a polícia, independentemente de seu status migratório, e não devem ter medo de procurar um policial para ajudar nas investigações”, disse o detetive Tony Cecala.

Qualquer pessoa que tenha informações sobre Guizan pode entrar em contato pelo tel (772) 871 5001.

ATENÇÃO:

1 – Quando for contratar uma empreitada exija um documento por escrito, mencionando data de início e de conclusão do trabalho.

2 – Peça a licença do emprei-teiro.

3 – Cheque referências e, se possível, visite um lugar onde ele já tenha feito algum trabalho

4 – No caso de empresa, verifique se há alguma queixa contra a empresa no site do Better Business Bureau (www.bbb.org)

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153