DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Americanos perdem confiança em Bush

Pela primeira vez, a maioria dos americanos considera que o presidente George W. Bush não é “honesto e franco”. No entanto, os americanos concordam que a guerra no Iraque é a linha de frente na luta contra o terrorismo, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta última quinta-feira.

A pesquisa do The Wall Street Journal/NBC News dá uma aprovação ao mandato de Bush de 45%, um ponto a menos do que o obtido em maio, ao mesmo tempo em que o nível de desaprovação aumentou dois pontos, e está em 49%. A maioria desaprova a forma com que Bush maneja a economia, a política exterior e o caso do Iraque.

E pela primeira vez em seu mandato, indica a pesquisa, mais gente (45%) lhe dá baixa classificação no que tange honestidade e franqueza, enquanto 41% valorizam seu estilo direto.

Contudo, por uma vantagem de 57% a 42%, os americanos concordam com Bush em manter o compromisso militar e econômico dos Estados Unidos no Iraque, até que o país árabe possa se governar sozinho. A maior parte dos entrevistados, 61% contra 34%, apóia a afirmação de Bush de que a guerra no Iraque é parte da luta contra o terrorismo.

No entanto, uma boa fatia dos 1.009 adultos entrevistados, entre 8 e 11 de julho, acredita que a maior preocupação do governo deve ser a guerra no Iraque (23%) e a economia dos Estados Unidos (19%), porcentagens mais altas do que a do tema do terrorismo (17%).

Em outros assuntos, 65% dizem que a Corte Suprema – da qual um dos nove membros renunciou recentemente – não deve abolir o direito ao aborto. A sondagem, que tem uma margem de erro de mais ou menos três pontos, também revelou que os americanos preferem – 45% a 38% – que os republicanos percam o controle do Congresso nas eleições de 2006.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196