DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Trump se prepara para enfrentar rivais no discurso do Estado da União na Câmara

Trump oferece extensão do DACA em troca de financiamento do muro

Trump fará discurso do Estado da União nesta terça-feira, 4.

Um dia antes de sua esperada absolvição do processo de impeachment no Senado, o presidente Donald Trump segue na noite desta terça-feira, 4, para a Câmara dos Deputados, onde tradicionalmente fará o discurso do Estado da União.

Ao estar na casa onde todo o processo começou e onde a maior parte dos deputados votou pela sua impugnação, Trump vai enfrentar de perto seus acusadores.

Trump decidiu que não adiaria a data do discurso do Estado da União – embora o pudesse fazer, por estar a decorrer o seu julgamento político no Senado – e manteve o calendário argumentando que o país precisava de ouvir a sua mensagem.

Ainda não está claro se Trump vai falar sobre impeachment. Os republicanos no Senado deixaram claro que não o condenarão, mas alguns disseram que a Câmara provou o seu caso e admitiram que Trump realmente usou de sua posição para uma chantagem pessoal.

Trump faz nova promessa sobre muro durante discurso do Estado da União

LEIA TAMBÉM  Pesquisa aponta Hillary com 6 pontos de vantagem sobre Trump

O que vai falar Trump?

Segundo a Casa Branca, a expectativa é que Trump fale sobre suas realizações no cargo, mas não sabem dizer se ele seguirá esse roteiro. O presidente tem um profundo e muitas vezes declarado sentimento de revolta sobre o processo de impeachemnt e estará face a face com as pessoas às quais mantém nítida rivalidade.

Outros tópicos que provavelmente serão discutidos são a economia – referindo os recordes das bolsas de valores, os baixos números do desemprego e os aumentos dos fundos de pensões -, o recentemente anunciado plano de paz no Oriente Médio de Trump, o Irã e o surto de coronavírus.

O Presidente deverá ainda falar do acordo parcial comercial alcançado recentemente com a China e repetir as vantagens de ser mais exigente com a segunda maior economia mundial, referindo os milhares de milhões de dólares obtidos em tarifas retaliatórias e colocando esperança no futuro das relações entre os dois países.

Trump também se deverá referir ao plano de paz para o Médio Oriente, anunciado na passada semana na Casa Branca, perante o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e aos troféus de guerra na Síria, no Afeganistão e no Iraque.

LEIA TAMBÉM  Debate entre Hillary e Trump promete audiência recorde

Além desses tópicos, Trump deve abordar a oportunidade de novas relações comerciais com o Reino Unido, após o ‘Brexit’, que tem estado nos seus discursos de campanha, e a recuperação da ideia do muro na fronteira com o México, que serve para reforçar a sua ideia de mais proteção contra a imigração ilegal.

Corrida presidencial

Alguns dos candidatos presidenciais democratas não estarão no evento desta terça por causa da campanha. Provavelmente estarão em New Hampshire em campanha para o próximo concurso primário a ser realizado em 11 de fevereiro.

O processo de ‘impeachment’ – em que é acusado de abuso de poder e obstrução ao Congresso – deverá terminar nesta quarta-feira, depois de a maioria Republicana ter aprovado a dispensa de novas testemunhas, e deve concluir pela absolvição de Trump.

Comments

comments

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News



289