DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

São Paulo recebe maior volume de chuva em 24 horas e rios transbordam

Rios transbordaram na capital paulista. Foto: Ludmilla Souza\Agência Brasil.

Agora foi a vez de São Paulo receber mais chuva que o normal e enfrentar alagamentos. O temporal que começou a atingir a cidade de São Paulo no domingo, 9, está causando estragos visíveis desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 10. A cidade está “travada”, com quase 80km de congestionamento e 66 pontos intransitáveis. Ainda não há relato de mortes em ligação com o temporal.

Fortes chuvas causam mortes e deixam milhares desabrigados em MG e ES

Foi o maior volume de chuva em 24 horas para o mês de fevereiro em 37 anos. Por causa de enchente, ônibus ficaram parados por 5 horas na região da Rodoviária do Tietê. 37 escolas estaduais suspenderam as aulas.

As Marginais Tietê e Pinheiros tiveram trechos intransitáveis por causa dos transbordamentos dos respectivos rios. A circulação dos transportes públicos (ônibus, metrô e trens) foi comprometida e a prefeitura suspendeu o rodízio de veículos. A recomendação dos Bombeiros e da Defesa Civil do Estado é que as pessoas evitem sair de casa.

LEIA TAMBÉM  Após tragédia no Flamengo, justiça fiscaliza alojamentos

O Rio Pinheiros ao maior nível dos últimos 15 anos, de acordo com a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE).

O governo e a Prefeitura de São Paulo responsabilizaram a chuva excessiva pelos inúmeros transtornos.

“É uma cidade extremamente impermeabilizada, não há absorção. Os sistemas de piscinão funcionaram até o limite, os sistemas de bombeamento funcionaram até o limite, mas o que ocorreu foi: excesso de chuva em um período pequeno”, disse o Secretário Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, declarou que os moradores da cidade que se sentirem prejudicados pelos alagamentos podem pedir ressarcimento de impostos nas Subprefeituras. Os valores, segundo o prefeito, serão ressarcidos no IPTU de 2021.

Carnaval ameaçado

Diversos barracões de escolas de samba ficaram inundados. Pérola Negra, Rosas de Ouro e Unidos de Peruche têm barracões alagados e relatam prejuízo.

Atá o início da tarde desta segunda-feira, 10, foram recebidos 796 registros de ocorrência com enchentes na Grande São Paulo, 140 desabamentos e 120 quedas de árvores.

LEIA TAMBÉM  Carro Ecológico

A recomendação das autoridades é que as pessoas evitem sair de casa e o rodízio de carros está suspenso. Fonte: UOL.

Comments

comments

Tags: ,

Gazeta News
Gazeta News



296