DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Por causa de erro, clientes devem milhares de dólares em contas de água em Miami-Dade

Um erro cometido pelas autoridades de serviços públicos do condado de Miami-Dade permitiu que as contas de água subissem este mês para muitos proprietários na cidade de Opa-locka, no sul da Flórida.

De acordo com o Miami Herald, alguns moradores tiveram sua água cortada porque os proprietários não pagaram as contas.

Em um complexo de apartamentos de 112 unidades, as contas mensais de água passaram de cerca de US$ 2 mil combinadas em novembro e dezembro para US$135 mil entre dois prédios em janeiro.

Na sexta-feira, os proprietários do complexo de apartamentos entraram com uma ação contra a cidade e o condado, dizendo que as autoridades ameaçavam desligar a água se não pagassem a conta massiva, “colocando em risco a saúde e a segurança de centenas de residentes”.

Douglas Yoder, diretor do departamento de água e esgoto do condado de Miami-Dade, que cuida do sistema de cobrança de Opa-locka, disse que o problema está relacionado a um softaware que converte o volume de água usado em valor em dólares.

LEIA TAMBÉM  Em novembro, Azul passará a oferecer 5 rotas semanais de Confins a Orlando

Yoder disse que o problema pode ter acontecido quando as contas estavam sendo transferidas da cidade para o condado nos últimos dois anos. Agora as contas estão incluindo valores não pagos durante esse período.

Autoridades disseram que clientes devem entrar em contato com o condado para elaborar planos de pagamento e não precisam necessariamente pagar todas as contas de uma só vez.

Uma longa história de improbidade no sistema de água da cidade gerou desconfiança entre moradores e proprietários. Em 2016, Opa-locka renunciou ao controle do sistema de cobrança em meio a relatos de corrupção e sobretaxas desenfreadas, incluindo funcionários pressionando os moradores por dinheiro e isenção de contas para clientes politicamente conectados. Desde então, sete pessoas se declararam culpadas em um esquema de suborno descoberto pelo FBI.

As contas de água da cidade foram transferidas para o condado por um período de dois anos e os medidores defeituosos foram substituídos. Sob um contrato entre eles, Opa-locka está pagando milhões de dólares em dívidas pela água que comprou do condado. Com informações do Miami Herald.

LEIA TAMBÉM  Turismo na Flórida bate novo recorde em 2014

Relacionada:

Aumento em conta de água frustra moradores de Fort Lauderdale

Comments

comments

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News



287