DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Planos indexados para o college

Encerrando a série sobre os diferentes tipos de planos para faculdade, esta semana vamos conhecer as contas de planos indexados.

Esses planos são mais conhecidos e usados para a aposentadoria, no entanto, devido à flexibilidade que possuem, eles também podem ser usados como parte de uma estratégia financeira mais abrangente que alcança diferentes tipos de metas financeiras, inclusive educação. E isso pode ser feito com algumas vantagens muito interessantes.

Em alguns desses planos, o dinheiro economizado pode crescer baseado em taxas de juros que usam o mercado de ações como um termômetro para aplicarem os juros ao plano. Estes juros são, sem dúvida, maiores do que a poupança, CDs ou contas do mercado monetário, mas sem qualquer risco de perda. Como assim?

O plano é creditado com ganhos que refletem o mercado de ações, como o S & P500, mas se o mercado cai, não existe nenhuma perda.

Por exemplo: Se em um ano o mercado sobe 10%, o plano indexado sobe 10%; se no ano seguinte cai 15%, o plano indexado não perde nada. Para que isto seja possível, é importante entender que o chão deste plano é 0%, ou seja, nunca se perde nada. Se tem um chão, é necessário um teto. No momento, este tipo de plano tem um teto de 12%, portanto, se o mercado subir 15%, somente 12% será creditado nesta conta. Ou seja, se abre mão do ganho total para que nunca se tenha uma perda.

LEIA TAMBÉM  Empréstimo e suas armadilhas de juros altos - Saúde Financeira

Não há regras sobre o tipo de despesas que os fundos podem ser usados (como em um Plano de Poupança 529, por exemplo), mas há um período de espera que pode variar de acordo com a idade em que o plano foi iniciado (assim como o Florida Prepaid, quanto mais cedo se iniciar, melhor), para que 100% dos fundos estejam disponíveis para uso. Se a pessoa quiser usar o dinheiro antes do final deste período, é possível, mas isso pode resultar em encargos significativos.

Uma característica importante deste tipo de plano é a sua continuidade. Isso significa que se você não usa todo o dinheiro disponível no plano para pagar as despesas de educação, você pode continuar contribuindo com o plano, e o dinheiro continuará crescendo e, com ele, você pode alcançar outros objetivos financeiros, como, por exemplo, dar uma entrada na sua casa própria, começar um negócio ou ainda guardar para a sua aposentadoria.

E se…
O aluno vai para a faculdade em outro estado. Se você decidir usar o dinheiro do plano para pagar a educação, isso pode ser feito em qualquer estado ou país. Além disso, o estudante permanecerá elegível para qualquer tipo de ajuda financeira.
Se o estudante recebe uma bolsa de estudos, os fundos disponíveis no plano podem ser usados para quaisquer outras despesas, não apenas despesas “qualificadas”.

LEIA TAMBÉM  Comentando sobre preconceito linguístico

Se seu filho precisar de ajuda com o transporte, por exemplo, mesmo que isso signifique a necessidade de comprar um carro, eles podem fazer isso.

Se ele decide não ir à faculdade, os fundos podem ser usados para ajudar a iniciar um negócio, por exemplo. Pode-se continuar a contribuir com o plano e os fundos continuarão a crescer e estarão disponíveis para outros objetivos financeiros, especialmente, para a aposentadoria.
Assim como qualquer decisão financeira, procure um profissional qualificado para fazer este tipo de plano.

Como sempre, estou à disposição para responder a qualquer pergunta.

Uma boa semana!

Comments

comments

Tags: ,,,,

Claudia Fehribach
Claudia Fehribach
Carioca, formada em Artes pela Universidade do Rio de Janeiro. Conselheira financeira especialista em orçamento, aconselhamento de crédito pessoal e hipotecas reversas. Atua na empresa DebtHelper.com. Envie sua dúvida por email.



286