DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Não é necessário que todo mundo faça o teste, pedem autoridades de saúde da FL

As autoridades de saúde da Flórida enfatizam que não há razão para a grande maioria das pessoas fazer o teste de coronavírus, somente aqueles que estiveram em contato com alguém infectado ou tenha viajado e esteja com os sintomas.

Funcionários do Departamento de Saúde da Flórida estão aconselhando as pessoas a verificar com o médico a necessidade para fazer o teste para o coronavírus.

Flórida pode enfrentar crise econômica e turística pelo coronavírus

O governador Ron DeSantis falou sobre os novos casos na manhã de quinta-feira, garantindo aos moradores que ele tem um plano para combater o COVID-19. Inclui áreas principais de foco: proteger os vulneráveis, aumentar as capacidades de teste no estado, aumentar as medidas de distanciamento social, proteger os profissionais de saúde e continuar monitorando viagens internacionais e de alto risco.

Em comunicado, as autoridades da Orlando Health disseram que as pessoas com sintomas serão perguntadas se estiveram fora dos EUA e se foram expostas a alguém que testou positivo para o coronavírus nos últimos 14 dias. Se a resposta for sim, a pessoa passará por exames adicionais.

LEIA TAMBÉM  Foguete da SpaceX explode na Flórida

DeSantis acrescentou que o estado receberá 2.500 kits comercialmente disponíveis neste fim de semana, que serão distribuídos para laboratórios qualificados em toda a Flórida. Com eles, 625.000 pessoas podem ser testadas para o COVID-19. No entanto, esses kits de teste não incluem materiais de amostra e zaragatoa. Atualmente, existe uma escassez nacional desses materiais e, embora muitos laboratórios em todo o estado já tenham um suprimento deles, o número de testes que podem ser executados dependerá dos materiais em estoque.

Em números

Nesta quinta-feira, a Flórida tem um total de 35 casos e 2 mortes. O número de casos inclui três residentes que não são da Flórida isolados no estado e cinco da Flórida que deram positivo e são isolados fora do estado.

Cinco casos de COVID-19 foram confirmados no Condado de Broward, e três das pessoas que têm testes positivos são empregadas por uma empresa em Port Everglades. Outros 147 testes estão pendentes na Flórida.

Nos Estados Unidos, existem mais de 1.000 casos confirmados, pelo menos 31 mortes e 38 estados e Washington, D.C., relatando casos.

LEIA TAMBÉM  Furacão Hermine pode ser o primeiro a atingir a Flórida em 11 anos

Existem mais de 121.500 casos confirmados em mais de 100 países e territórios, com mais de 4.300 mortes. Com informações do Sun Sentinel.

Comments

comments

Tags: ,

Gazeta News
Gazeta News



289