DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Comunidade em Ação 2019

Luciana De Michellis e César Augusto

Eu, Luciana De Michelli e César Augusto

Se as premiações do Focus Brasil são inspiradoras, a do Comunidade em Ação 2019 foi a mais inspiradora.
Mas, para minha surpresa, só estavam presentes caras novas, e a maioria envolvida nos projetos.

Queria ter visto toda a imprensa comunitária e lideranças da comunidade em outras áreas para que conhecessem um pouco mais de perto todos os projetos que foram reconhecidos. Acho que é o mínimo que mereciam.

Mas como foi uma noite onde os egos ficaram na porta, todos estavam tão felizes que não sei se repararam nisto. Mas confesso que fiquei triste e decepcionada. Está de parabéns a Alessandra Leme que liderou o movimento que começou no ano passado mais timidamente e que este reuniu duzentas pessoas no Broward Center for the Performing Arts e encantou a todos mostrando os vários projetos que estão em andamento, todos avidos por voluntários.

Ela enfatizou na apresentação que o projeto visa destacar as iniciativas, tanto de brasileiros para brasileiros, mas também de brasileiros para pessoas de qualquer nacionalidade. Ações que se baseiam em amor, inclusão, solidariedade sob o signo da fraternidade universal.

A singela e sgnificativa identificação do grupo costuração

COSTURAÇÃO
Um dos projetos premiados foi COSTURAÇÃO, liderado pela querida e talentosa jornalista Luciana De Michelli, que juntamente com o marido César Augusto foram os primeiros apresentadores do programa Planeta Brasil, exibido pela Rede Globo Internacional lá se vão mais de 15 anos. Eu os acompanho desde o início e fico feliz em ver que não me enganei. Além dos grandes jornalistas e apresentadores, se envolveram com a comunidade brasileira no exterior e hoje a Lu lidera este belíssimo projeto que surgiu no momento que ganhou uma máquina de costura de Natal.

LEIA TAMBÉM  Para quem anda envergonhado, difícil mesmo é ser brasileiro no Brasil

Inspirada na historia de Lilian Weber, uma americana que costurava vestidinhos para crianças carentes na África, o projeto foi criado com o primeiro vestidinho em março de 2017.
Toda sexta-feira elas se reúnem para costurar e já doaram roupinhas para mais de 1600 crianças carentes em vários países como Haiti, Colômbia, Brasil, Peru e também Estados Unidos. Além dos vestidinhos, o grupo faz camisetas personalizadas, bermudas, bolsas e lacinhos de cabelo.

Logo que cheguei no evento vi uma porção de homens tirando fotos, logo na entrada.
Pensei com meus botões qual seria a personalidade que tinha chegado, porque do angulo que estava não conseguia ver.
Quando cheguei mais perto era um grupo de mulheres, todas com um colarzinho de crochê. Fiquei intrigada.

O grupo da Costuração

Durante a premiação descobri que faziam parte de um grupo de mulheres que costuram em grupo para enviar roupinhas e modificar a vida de muitas crianças no Brasil.
A idéia é bárbara. Aproveitam lençois, toalhas e todos os tecidos que recebem em doação e os transformam dando dignidade para quem recebe.

LEIA TAMBÉM  Crise: Onde o Brasil vai parar?

Mas o grupo é hiper criativo. Não só vestiram roupas feitas por elas, como cada uma tinha uma identificação e ao deixarem o palco cada uma disse eu nome e reforçou o nome do grupo.
Lindo, lindo, lindo…
Escolhi alguns grupos para ilustrar o que foi a noite de hoje pelo vínculo que tenho com participates, mas todos os grupos são dignos de aplausos.

CARAVANA DO AMOR
A Caravana do Amor se dedica a visitar instituições, como hospitais e asilos e levar um pouco de música e alegria para as pessoas que estão nestes lugares, levando conforto e amor. Começou em Miami, se expandiu para Orlando, Tampa, Naples, Fort Meyrs, New York e Frankfurt. Na festa anunciaram que um grupo começou em Portugal também.

Frederico Gouveia participa do grupo da Caravana do Amor em New York.

A Caravana do Amor começou no Brasil na década de 60, visitando hospitais de câncer e leprosários de Belo Horizonte e permanece até hoje em varios estados brasileiros.
Os fundadores, Geraldo e Ibis Coura se mudaram para Miami há vinte anos e disseminaram o trabalho voluntário.

H3 – HEALTH, HOPE AND HEALING
Conheci Janinha Piazetta há alguns anos, quando ela participava do Brazilian Film Festival de Miami. Ambas somos gaúchas e logo nos identificamos.
Fiquei chocada, quando em 2004 descobri que ela estava com câncar de mama.

LEIA TAMBÉM  Salada de Verão

Mas ela foi a luta e hoje é uma sobrevivente, que venceu esta doença e criou o grupo para ajudar outras pessoas que passam pelo mesmo problema.
É exatamente o que se diz fazer de um limão uma limonada.
A instituição oferece ferramentas educacionais para a prevenção e conscientização do câncer de mama.

Marina Elali

Os outros projetos premiados foram: Tony Pedro, que toda semana distribui comida para homeless em Miami; First Life Center for Pregnancy que dá apoio a mulheres grávidas
Expresso da solidariedade que distribui alimentos e roupas; United Nations Associations Miami, que se dedica e educar e mobilizar pessoas para dar apoio aos princípos das Nações Unidas através do fortalecimento da liderança local; SOS família que dá apoio psicológico a famílias que sofrem de violência doméstica; e Key2enable é uma startup que capacita deficientes graves como sindrome de down, paralisia cerebral, Parkinson e outras através de um teclado. Achei incrível este projeto e foi pesquisar um pouco mais para depois compartilhar.

A surpresa da noite foi o show da cantora Marina Elali, do Rio Grande do Norte, que ganhou o programa FAMA de 2004. Marina participou com 21 músicas de novelas, mini-séries e filmes.
E uma simpatia e encantou a todos grávida de oito meses de uma menina.

Comments

comments

Tags: ,

Silvana Mandelli
Silvana Mandelli
Brasileira/americana, Silvana Mandelli resolveu, na terceira idade, escrever sobre suas experiências de vida, principalmente sobre viagens, sua grande paixão. Em seu blog "De bobagens a viagens", também compartiha aprendizados, observações sobre aquele assunto que estiver na mente e experiências que deram ou não certo, podendo assim deixar um legado para sua neta. Blog: www.debobagensaviagens.com



290