DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Chineses são retirados de navio da Royal Caribbean em NJ para triagem de coronavírus

Navio Anthem of the Seas da Royal Caribbean. Divulgação.

O Royal Caribbean Anthem of the Seas retornou de um cruzeiro pelo Caribe ao seu porto de origem em Bayonne, New Jersey, com vários passageiros chineses sendo submetidos a exames de saúde para coronavírus, de acordo com relatos da mídia.

Mais de duas dúzias de cidadãos chineses estavam a bordo do navio e apresentaram sinais do vírus, com quatro deles sendo transportados para um hospital, de acordo com um relatório da NBC 4 em Nova York.

Geralmente, o Anthem of the Seas alterna as travessias com algumas paradas em Port Canaveral (FL), com os passageiros frequentemente entrando em Orlando, mas esse cruzeiro específico visitou Porto Rico, St. Maarten, Antígua, Santa Lúcia e St. Kitts e Nevis. O navio está programado para partir hoje em um novo cruzeiro que o levará a Port Canaveral.

Um comunicado da Royal Caribbean nesta sexta-feira de manhã disse que estava realizando “níveis elevados de triagem de convidados para verificar a propagação do coronavírus”.

LEIA TAMBÉM  Adolescente morre depois de cair do 8° andar em navio de cruzeiro da Flórida

“Estamos monitorando de perto os desenvolvimentos em relação ao coronavírus e temos protocolos médicos rigorosos em vigor a bordo de nossos navios. Continuamos trabalhando em estreita consulta com o CDC, a OMS e as autoridades locais de saúde para alinhar-nos com suas orientações e garantir a saúde e o bem-estar de nossos hóspedes e tripulantes ”, disse a porta-voz Melissa Charbonneau.

Um dos quatro viajantes enviados ao hospital para mais exames havia apresentado febre durante o cruzeiro, mas recebeu Tylenol e melhorou. Mesmo assim, os quatro foram levados para o Hospital Universitário de Newark, que tem salas de isolamento.

Além dos quatro, outros 23 chineses foram levados pelas autoridades de saúde e pelo CDC para fora do navio e para o aeroporto de Newark para um voo de volta à China, informou a NBC 4. O prefeito Davis disse à emissora de TV que foi informado que nenhum dos 27 eram de Wuhan, onde foi iniciado o surto de coronavírus.

636 mortes

O surto viral iniciado na província central de Hubei na China já infectou mais de 31.400 pessoas em todo o mundo, de acordo com a Associated Press. A China confirmou 31.161 casos e 636 mortes até esta sexta-feira. Mais de 310 casos foram confirmados fora da China continental, incluindo duas mortes em Hong Kong e nas Filipinas. Houve 12 casos confirmados nos EUA, mas nenhuma morte.

LEIA TAMBÉM  Em Salvador, o Carnaval começa mais cedo.

Já na Ásia, vários navios de cruzeiro com casos confirmados de coronavírus enfrentaram procedimentos de quarentena, incluindo o Diamond Princess da Princess Cruises, com mais de 60 pessoas infectadas, incluindo 11 norte-americanos, informou a NBC News. O navio permanece em quarentena no porto de Yokohama, no Japão, com 3.700 pessoas a bordo. A quarentena deve durar até 19 de fevereiro. Com informações da NBCNewYork.com.

Comments

comments

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News



287