DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Brasileiro procurado por tentativa de assassinato é deportado pela 5ª vez dos EUA

Imagem de detenção de outro imigrante em 2017. Foto: ICE. O brasileiro Simeão Marcos De Oliveira Neto, procurado por tentativa de assassinato e posse ilegal de arma de fogo no Brasil, segundo o U.S. Immigration and Customs Enforcement’s (ICE), foi deportado pela 5ª vez dos Estados Unidos.

De acordo com comunicado do ICE, a prisão aconteceu em novembro do ano passado com o apoio de agentes do Enforcement and Removal Operations (ERO) na cidade de Plymouth, Massachusetts.

Brasileiro procurado por duplo homicídio em Goiás é deportado

Deportado na última quarta-feira, 29 de janeiro, Oliveira Neto era procurado no Brasil por tentativa de assassinato e ilegal de arma de fogo, segundo o ICE, e já tinha sido removido dos EUA em quatro ocasiões anteriores entre 2006 e 2016. De acordo com informações nas redes sociais, Oliveira Neto é natural do estado de Minas Gerais.

Ele foi detido por oficiais do ICE sem incidentes no dia 2 de novembro de 2019 em sua residência em Plymouth, Massachusetts. O ICE informou que tomou conhecimento das acusações criminais no Brasil em outubro de 2019 e iniciou investigação.

LEIA TAMBÉM  Gala Gay em Wilton Manors

“Temos o prazer de remover essa ameaça para a nossa comunidade após seu histórico repetido e perturbador de reentradas ilegais neste país”, disse Todd M. Lyons, diretor interino do escritório de campo para operações de remoção e aplicação de ICE em Boston.

“A ERO Boston está comprometida em remover fugitivos estrangeiros dos Estados Unidos que estão sendo procurados em seus países de origem por crimes graves”, acrescentou Lyons. “A remoção desse estrangeiro para enfrentar acusações criminais no Brasil é resultado de uma cooperação contínua entre o ICE e nossos parceiros estrangeiros. Fugitivos estrangeiros devem ser avisados ​​- não encontrarão refúgio aqui”.

Brasileiro procurado pela polícia de New Hampshire é preso em Miami

Desde 1º de outubro de 2009, a agência de imigração removeu mais de 1.700 fugitivos estrangeiros dos Estados Unidos que eram procurados em seus países de origem por crimes graves, incluindo sequestro, estupro e assassinato.

No ano fiscal de 2019, a ICE removeu ou devolveu 267.000 imigrantes. O ERO prendeu 143.000 estrangeiros, mais de 86% deles tinham condenações criminais ou acusações pendentes.

LEIA TAMBÉM  Brasileiros não tiveram bons resultados nas 24hs de Daytona

O ICE está focado na remoção de ameaças à segurança pública, como estrangeiros criminosos condenados e membros de gangues, bem como indivíduos que violaram as leis de imigração do país, incluindo aqueles que entraram ilegalmente no país após serem removidos e fugitivos de imigração com ordem de remoção pela imigração federal.

Leia também ICE deporta brasileiro procurado por assassinato no Espírito Santo

Comments

comments

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News



283