DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Brasileira condenada por clonagem de cartão aceita ser deportada

Uma brasileira que se declarou culpada em um esquema de clonagem de cartões em Boston concordou em ser deportada.

Keren Kawamura, de 25 anos, admitiu no dia 26 que ajudou no uso de um dispositivo de acesso falso a informações de cartões de bancos em caixas eletrônicos.

Os promotores dizem que ela ajudou seu marido, Alexandre Kawamura, de 42 anos, a acessar caixas eletrônicos em quatro agências do Eastern Bank no estado de Massachusetts.

O casal chegou aos EUA com vistos de turista no final de 2017. Os promotores dizem que ela recebeu equipamentos de clonagem de caixas eletrônicos do Brasil em um hotel em Chelsea sob o pseudônimo “Sheyla Porto” em janeiro.

Eles foram presos em março depois que Alexandre Kawamura supostamente usou informações bancárias de alguém para comprar roupas de uma loja de artigos esportivos. Ele se declarou inocente e aguarda julgamento. Seu advogado não pôde ser identificado.

Karem Kawamura foi condenada a três meses de prisão e um ano de libertação supervisionada.

LEIA TAMBÉM  Policial para brasileiro por infrações de trânsito e encontra vários cartões falsos em Deerfield Beach

Alexandre alugou uma unidade de armazenamento em Everett usando uma identidade falsa, com o pseudônimo “Alex Justo”. Ele usou a unidade de armazenamento para guardar os equipamentos de clonagem de caixas eletrônicos. Entre 24 de fevereiro e 15 de março, ele colocou os dispositivos em caixas de drive-up nas filiais da Eastern Bank em Saugus, Medford, Stoneham e Malden.

Os Kawamuras fizeram compras na Dick’s Sporting Goods, em Medford, em 16 de março, utilizando os cartões falsificados. Alexandre usou um cartão de crédito com o nome de “Alex Justo” para pagar pela compra de uma camisa, jaqueta e chapéu.

A tarja magnética no cartão continha as informações da conta bancária roubada de um cliente do banco. Ele foi preso naquele mesmo dia e enfrenta acusações federais. Ele se declarou inocente e está aguardando o seu julgamento. Karem foi presa duas semanas depois. Com informações da Associated Press.

Saiba mais:

Casal brasileiro é acusado de clonagem de cartões em cidades de Massachusetts

Comments

comments

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News



288