DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Washington quer que acusado de 11 de Setembro vá a júri em outubro

O governo americano pediu nesta terça-feira à juíza Leonie Brinkema, encarregada do dossiê sobre o francês Zacarias Moussaoui –o único acusado nos Estados Unidos pelos atentados de 11 de Setembro–, que fixe a data do começo do julgamento para 31 de outubro.

Nesta solicitação por escrito à juíza responsável pelo tribunal federal de Alexandria, próximo de Washington, o Departamento de Justiça pediu que a seleção do júri tenha início no dia 3 de outubro e o processo no último dia deste mês.

A partir deste calendário, o governo americano acredita que o julgamento que determinará se Moussaoui é culpado ou não terminará pouco antes do fim do ano.

Se o júri declará-lo culpado de um delito que reúna as condições para a pena de morte, o governo vai sugerir que a fase do processo, que estabelece este tipo de sentença, comece no dia 4 de janeiro de 2006.

A Suprema Corte americana se recusou na segunda-feira (21) a examinar o caso do francês Moussaoui, abrindo o caminho para um julgamento que pode ser passível de pena de morte.

Os advogados de Moussaoui tinham apelado em janeiro a mais alta instância do poder judiciário americano para pedir que ela examinasse a prisão realizada em setembro por ordem de um corte de apelações da Virgínia (leste).

A decisão desta corte permitiria à promotoria requerer a pena de morte e proibir o testemunho direto das pessoas que haviam sido detidas em segredo e que Moussaoui desejava que comparecessem a seu favor.

O processo contra Zacarias Moussaoui começou no final de 2001 e foi adiado devido a uma larga batalha de procedimentos judiciais, apesar dos esforços do governo americano para acelerar o processo.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196