DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Vir aos EUA após esposo mentir em entrevista no consulado

Paula: Em 2005, após minha separação com meu esposo, ele foi convidado a ir ilegal para os Estados Unidos e acabou indo. Devido a isso, quando atravessaram pelo México, precisamente em Dallas, eles se entregaram à imigração local. Provavelmente, passaram uns 10 a 15 dias presos na imigração, sendo depois deportados. Agora, após 10 anos que foi ilegal, fomos tentar o visto devido a forte insistência de nosso filho que quer ir conhecer a Disney. Porém, na hora da entrevista, meu marido ficou nervoso e acabou nem se recordando do fato e quando o cônsul chegou a questionar se já havíamos saído do Brasil e o mesmo disse “não” para o Cônsul que nos atendeu. E, agora, o que precisamos fazer para solicitar o visto e não ter o mesmo negado? Sou funcionária pública estadual e municipal desde 2004,e meu esposo trabalha de carteira assinada.

Dra. Ingrid Domingues: Infelizmente, não há muito que só possa fazer, pois se seu marido “mentiu” num pedido de visto, as consequências nunca são boas. Ele poderá tentar novamente, mas será dificil argumentar em favor da aprovação de um visto para ele.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Ingrid Domingues
Ingrid Domingues
Natural de Niterói, é advogada formada nos EUA. Atua na área de Imigração há mais de 20 anos. Seu escritório fica em Fort Lauderdale, mas atende clientes de todo o país.
226