DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Termine o namoro sem descer do salto

Terminar o relacionamento é sempre difícil, mesmo se quem desistiu do namoro é você. Mas não há necessidade de fazer uma tempestade no momento da separação.

A hora é sofrida para os dois e nada melhor que resolver esse tipo de problema com classe. Pode ser que uma amizade não nasça dali instantaneamente – aliás, é bem provável que ambos precisem de um tempo afastados depois da separação – mas você não quer criar inimigos.

Além disso, todo mundo merece respeito. Para não errar, algumas dicas simples podem facilitar a sua vida e a dele:

Para terminar:
• Não enrole – Se achar que é hora de terminar, faça isso logo. Não fique tentando mostrar que as coisas não estão bem, para esperar que ele termine com você e poupe esse trabalho. Outra coisa: não existe um bom momento para terminar, será sempre dolorido. Então, pouco resolve esperar. É claro que é bom evitar datas especiais como o dia do aniversário, dia dos namorados, etc.

• Ouça a opinião dele – Falar pode ser o seu forte, mas não adianta discursar e ir embora. O seu futuro ex-namorado certamente tem coisas a dizer, a perguntar, a lamentar. Tenha paciência com ele.

• Não brigue – Os namoros não precisam terminar como se fossem casos de novelas mexicanas. Vá direto ao ponto e não dê espaço para discussões.

• Esqueça a culpa – Relacionamentos terminam. Não se sinta mal porque alguém vai sofrer por sua causa. Não tenha dúvidas de que você, se já não sofreu, vai acabar sofrendo por alguém.

• Amigos não têm nada com isso – O problema é seu, então resolva sozinha. Não dá para envolver família ou amigos nisso.

• Escolha bem o local – Seu namorado pode querer causar um estardalhaço ou pode cair aos prantos. No primeiro caso, é melhor não terminar em casa – um local público pode deixá-lo menos à vontade para gritar. No segundo, um local público pode ser humilhante demais.

Depois:
• Amizade é difícil no começo – Provavelmente, vocês não serão amigos tão cedo. Nem é bom ficar muito próxima dele logo de cara, seu ex poderá encarar isso como a chance de voltar no futuro.

• Troca de objetos – A pior parte é trocar os objetos pessoais que estão na casa de cada um. Vá a casa dele para pegar os seus e já leve os dele em uma caixa. Caso contrário, a visita desconfortável terá que acontecer duas vezes, porque ele terá de ir a sua casa retirar seus pertences.

• Controle a língua – Vocês provavelmente têm amigos em comum. Então não saia por aí falando mal do seu ex a troco de nada, nem divulgue aos quatro cantos como você está feliz e todos os caras com quem você está saindo. Isso vai fazer mal para uma pessoa que já foi muito importante na sua vida.

Como se livrar de um homem que não larga do seu pé?
Poucas coisas no mundo são mais chatas do que conviver com um homem que não larga do seu pé – quando você não quer nada com ele, é claro.

Ligações, e-mails, presentes, declarações de amor: a insistência sem limites pode ser incômoda, inconveniente e até, como é comum, atrapalhar um relacionamento existente ou acabar com a chance de conquista de alguém por quem você realmente se interessa.

O problema é que a maioria das mulheres costuma agir de maneira errada nesses casos: mente, finge que não está, tenta evitar contato, desaparece.

Assim faz a advogada Gabriela Vellasco, 27 anos: “Não atendo o celular, não respondo e-mail e mando dizer que não estou. Até ele se cansar”. Pelos depoimentos das mulheres (link acima), dá para perceber que a maioria age exatamente como ela.

Como se livrar? – Fazer-se de desentendida pode ser pior. “Se a mulher falar com o homem com muitos rodeios, ele pode entender que ela não sabe o que quer, que está indecisa”, diz a psicóloga Silvana Martani. E, como consequência, continuar investindo.

De acordo com ela, o melhor é ser direta: diga que não está querendo se envolver, que não está interessada nele, que prefere manter a amizade. “Não adianta querer fugir ou tentar ser agradável demais. É preciso ser honesta, categórica e sincera”, defende Silvana.

Por exemplo, se ele lhe traz mil presentes, e isso te incomoda, lembre-se que não é preciso aceitar. Silvana dá a dica: “Você pode dizer que entende a gentileza mas se sente constrangida com as lembrancinhas”.

Os inconvenientes – Se a primeira conversa não adiantar e o sujeito em questão continuar indo atrás, invadindo festas de amigos seus ou vasculhando sua vida pessoal, um novo diálogo – este mais contundente -pode resolver.

Novamente sem rodeios, pergunte o que ele espera de você. “Diga: ‘Que tipo de sentimento você espera que eu manifeste por você? Por que se continuar agindo assim, não serão sentimentos bons’”, conclui Silvana.

O que fazer para tirar seu ex da cabeça:
Você não pode viver sem seu ex? Se a resposta é sim, você pode estar doente. Mas calma, seu problema não é contagioso e tem cura. Veja a seguir algumas dicas que irão lhe ajudar.

É muito fácil cair no círculo vicioso do amor, ainda mais se não somos correspondidas. Continuar ligada ao ex é um mal que várias mulheres possuem. Se esse é seu caso, não se desespere, romper essa cadeia é mais fácil do que você pode imaginar.

Essa atitude depende apenas de você. Fique atenta para a regra de ouro: depois de romper, não dê nem um passo atrás, nem que seja por um impulso.

Segundo a antropóloga Helen Fisher, a melhor receita para esquecer uma relação amorosa é se desfazer de tudo o que possa trazer recordações do ex-parceiro, não ligar para ele e sair para se distrair. Desta forma, a química cerebral que se desperta com elementos que se conectam ao ex irão desaparecer aos poucos.

Falta de auto-estima
Segundo a psicóloga Carmen Debesa, a obsessão amorosa está diretamente relacionada com a insegurança e falta de auto-estima. “Ninguém é tão valioso ao ponto de você morrer por ele”, diz. “Se a mulher se der o valor que dá à pessoa amada, a dependência psicológica irá desaparecer”, opina.

Seguindo os conselhos da especialista, a primeira coisa que se deve fazer é trabalhar sua auto-estima. Para tanto, veja algumas dicas a seguir:

• Potencialize todas as atividades e coisas que gosta e que fazem você se sentir segura e valiosa;
• Aumente seu círculo de amizade;
• Rompa todos os vínculos com o ex;
• Procure um especialista, caso não seja capaz de seguir esses passos sozinhas.

“O mais curioso desse tipo de relação obsessiva é que as mulheres se amarram a situações e pessoas que não as faziam felizes”, diz Carmen. “Inclusive muitas delas acabariam terminando com esses homens se eles estivessem aos seus pés”, completa.

Segundo a profissional, se trata de um comportamento obsessivo que esconde outros problemas, como uma insatisfação consigo mesma ou um grande medo de ficar sozinha.

Para a psicóloga, é preciso esquecer da palavra solidão e pensar na independência. “Voltar a ser solteira pode oferecer novas oportunidades na vida da mulher, como viagens, sair com as amigas, continuar os estudos, dedicar-se a si mesma”, diz.

Se há filhos no meio da situação, Carmen aconselha que ambos busquem uma separação cordial. “Querer seguir com ele por causa dos filhos é um erro e não os fará mais felizes”, aconselha. “Seus filhos crescem mais saudáveis em um ambiente sem tensões”, completa.

Identifique um homem grudento:

A maioria das mulheres não precisa de qualquer dica para indentificar um homem grudento. Mas, se você tem alguma dúvida, algumas pistas funcionam bem.
Se o homem que está atrás de você se comporta de acordo com um ou mais itens abaixo, ele tem grandes chances de ser – ou de se tornar, no futuro – um cara incoveniente, que não larga do seu pé:

Ele não pára de te ligar?
Manda um e-mail atrás do outro com poemas e declarações de amor?
Aparece nos lugares em que você vai sem ser convidado?
Atrapalha sua vida quando outro cara tenta ficar com você?
Caso você tenha namorado, ele já causou problemas de ciúme no seu relacionamento?
Fica encostando em você sem permissão, querendo te abraçar, sem sua permissão?
Chora ou faz um escândalo toda vez que você tenta dizer que não quer nada com ele?
Vira e mexe aparece com presentinhos (flores, chocolates) que te incomodam?
Invade sua privacidade lendo suas mensagens no Orkut, seu blog e perguntando pra todo mundo da sua vida?
Insiste em correr atrás de você, mesmo depois de você sumir ou agir com frieza?

Confira algumas dicas:

• Não ligue e nem atenda as chamadas dele;

• Mude de celular, se for necessário;

• Jogue fora todas as coisas que fazem você se recordar dele;

• Não peça explicações e motivos. Tudo isso é passado e não vai ajudar em nada;

• Não se desculpe por algo que acredita ter sido o motivo do rompimento. Você já fez tudo o que podia;

• Não caia na tentação de ficar rondando as atitudes dele por meio de amigos em comum;

• Peça a seus amigos que não falem sobre ele quando estiver por perto;

• Inscreva-se em um curso ou aula de ginástica para conhecer pessoas novas;

• Acredite que você vale mais que ele e também que existem homens melhores;

• Não descuide de seu aspecto físico. Você precisa se sentir mais bonita do que nunca;

• Guarde na sua mente as seguintes frases: “melhor sozinha que mal acompanhada”, “Não há mal que cem anos dure” e “O que os olhos não vêem o coração não sente”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
156