DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Super Bowl bate recorde de audiência

O maior evento esportivo anual dos EUA atraiu nada menos que 93,1 milhões de expectadores sintonizados na rede CBS no domingo (4). A 41a edição do Super Bowl somou 2,4 milhões a mais de expectadores televisivos do que no ano passado, e promete bater novo recorde de receita publicitária para a National Football League (US$ 162,5 milhões no ano passado).

Segundo dados preliminares da Nielsen Media Research, a vitória do Indianapolis Colts sobre o Chicago Bears, por 29 a 17, foi assistida por 42,6% dos domicílios dos Estados Unidos (2% acima de 2006) e registrou a terceira maior audiência da história televisiva do país, superada apenas pelos quase 106 milhões de espectadores do final da série MASH, transmitida pela CBS em 1983, e pelos 94,1 milhões da Super Bowl de 1996, via NBC.

No estádio RCA Dome, de Miami, as cerca de 40 mil pessoas que enfrentaram o frio e a chuva contínua para assistir a partida ao vivo foram gratificadas por uma espetacular queima de fogos e pela fenomenal apresentação do cantor Prince, que arrebatou a platéia com seu “Purple Rain”.

Anunciantes

Entre os 35 anunciantes do evento, que pagaram até US$ 2,6 milhões por comercial de 30 segundos, o destaque foi para a Anheuser-Busch. Suas dez peças para as marcas Budweiser, Bud Light, Bud Select e Bud.tv (na maioria criadas pela DDB Chicago) foram as mais populares entre os espectadores e somaram cinco minutos no total, mantendo a liderança da gigante das cervejas na lista dos maiores anunciantes da história da Super Bowl (na qual a A-B investiu US$ 250,8 milhões nos últimos 20 anos).

Os grandes destaques desta 41ª copa, no entanto, foram a integração das ações online e offline da maioria dos anunciantes e a inédita participação dos internautas na criação de algumas peças para Chevrolet, Frito-Lay, Alka-Seltzer e a própria NFL.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164