DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Sul-coreano de 23 anos foi o autor do massacre de Virgínia

O homem que matou 32 pessoas no “campus” da Virgínia Tech era um estudante sul-coreano de 23 anos, anunciaram esta terça-feira as autoridades norte-americanas em conferência de imprensa.

O reitor da faculdade confirmou Cho Seung-Hui, um imigrante sul-coreano “que vivia nos
Estados Unidos com o estatuto de residente permanente”, como o atirador que ontem matou mais de três dezenas de pessoas.

Cho Seung-Hui vivia no “campus” universitário em Blacksburg, em Harper Hall, e estava no último ano da licenciatura em inglês na Universidade da
Virgínia.

A polícia adiantou também que uma das duas armas encontradas junto ao
atirador serviu igualmente num primeiro tiroteio, duas horas antes.

Mas o coronel Steve Flaherty, da polícia do Estado de Virgínia,
precisou que “os elementos não nos permitem dizer com total certeza que o
mesmo atirador esteve implicado nos dois dramas”.

Assim, embora não existam provas que apontem para a existência de um cúmplice e seja razoável admitir que Cho Seung-Hui foi o autor de todos os disparos, a polícia vai continuar a investigar de forma “cuidadosa e meticulosa”.

Relatos de estudantes dão conta que na origem do primeiro tiroteio esteve uma desavença entre Cho Seung-Hui e a namorada. A discussão terá acabado com a morte da jovem e de um funcionário que tentou intervir. Mais de duas horas depois ocorreu o segundo tiroteio em Norris Hall.

A Universidade anunciou também que o edifício onde decorreu o massacre de três dezenas de pessoas ficará fechado até ao final do semestre.

O presidente norte-americano, George W. Bush, e a mulher participarão hoje numa
cerimónia na universidade, anunciou a Casa
Branca.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164