DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

STJ ouve detidos na Operação Dominó.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) já ouviu o primeiro depoimento das nove pessoas presas na Operação Dominó, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na última sexta feira (4) em Rondônia. A programação é ouvir cinco delas hoje e outras quatro amanhã. O presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Sebastião Teixeira Chaves, foi o primeiro a ser ouvido e, ao sair do prédio e retornar à carceragem da Polícia Federal, não conversou com a imprensa.

Agora, será a vez do juiz Jose Jorge Ribeiro da Luz. Os dois, além do conselheiro do Tribunal de Contas de Rondônia, Edílson de Souza Silva, que também presta depoimento nesta terça-feira (8), conseguiram salvo-conduto no Supremo para não usar algemas durante o trajeto da carceragem da PF até o STJ e durante o depoimento.

A ministra do STJ responsável pelos depoimentos, Eliana Calmon, estendeu o benefício aos demais depoentes. Ainda serão ouvidos hoje o ex-procurador de Justiça do estado, José Carlos Vitachi, e o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Carlão de Oliveira. Como o processo tramita em sigilo de Justiça, os depoimento são fechados.

A Operação Dominó resultou na prisão de mais de 90 autoridades do Judiciário, do Legislativo e do Executivo estadual. Os presos são acusados de desvio de recursos públicos, corrupção, prevaricação, extorsão, lavagem de dinheiro e venda de sentenças judiciais.

Agência Brasil

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223