DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Sete candidatos vão disputar presidência.

Sete políticos registraram-se como candidatos à vaga de presidente da República. O prazo legal para oficialização de candidaturas na Justiça Eleitoral terminou às 19 horas desta quarta-feira(5).

A última a fazer registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foi Heloísa Helena (Psol), sétima candidata à Presidência da República a registrar-se. Candidatos cujos partidos não tenham realizado o registro até ontem ainda têm a possibilidade de comparecer aos tribunais até sexta-feira.

Ao registrar-se na Justiça Eleitoral, os partidos devem entregar uma série de documentos e declarações, incluindo a declaração de bens do candidato e uma estimativa sobre qual deverá ser o máximo a ser gasto na campanha eleitoral. Em Brasília, na sede do TSE, são feitos os registros dos candidatos à presidência. Os candidatos a governador, senador e deputado federal, estadual ou distrital realizam seus registros nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), em seus estados de origem.

O primeiro candidato à presidência a registrar-se no TSE, na última segunda-feira, foi Luciano Bivar, do PSL. Ele tem como vice Américo de Souza. O gasto máximo de campanha declarado foi de R$ 60 milhões.

O PDT registrou Cristovam Buarque na terça-feira, juntamente com o vice, senador Jefferson Peres, com um teto de campanha estimado em R$ 20 milhões.

Nesta quarta-feira, no final da manhã, a coligação A Força do Povo (PT-PRB-PCdoB) registrou a candidatura à reeleição do atual presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e seu vice, José Alencar. O teto previsto para os gastos de campanha é de R$ 89 milhões.

No início da tarde, foi a vez da coligação Por um Brasil Decente (PSDB-PFL) registrar as candidaturas a presidente de Geraldo Alckmin, com o senador José Jorge como vice. O teto de campanha declarado é de R$ 85 milhões.

O PCO registrou as candidaturas de Rui Pimenta a presidente e de Pedro Paulo Pinheiro a vice. O gasto máximo previsto é de R$ 100 mil.

O PSDC registrou os nomes de José Maria Eymael a presidente e de José Paulo Neto a vice. O teto declarado dos gastos de campanha é de R$ 20 milhões.

A senadora Heloísa Helena (Psol) foi pessoalmente registrar sua candidatura à presidência, que tem César Benjamin como vice. O gasto máximo de campanha declarado é de R$ 5 milhões.

Agência Brasil

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222