DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Senador republicano coloca em xeque nomeação de Bolton

Um importante senador republicano colocou em xeque nesta quinta-feira a nomeação de John Bolton para embaixador dos Estados Unidos na ONU. George Voinovich, senador pelo estado de Ohio, disse que, apesar de se opor à indicação, não vai impedir que o nome de Bolton seja encaminhado ao plenário do Senado para votação.

A declaração passou longe do que o governo desejaria: uma recomendação expressa da designação de Bolton. Voinovich disse que Bolton era “o perfeito exemplo de tudo o que um diplomata não deveria ser”.

– Os EUA podem ter algo melhor do que John Bolton – disse o senador.

A decisão mostra que os republicanos perderam a maioria na Comissão de Relações Exteriores, necessária para encaminhar ao plenário a recomendação do nome de Bolton. O endosso da comissão praticamente garantiria a confirmação pelo Senado, com 55 republicanos. Agora, a situação é tensa e incerta.

A comissão, de 20 membros, é formada por 11 senadores republicanos e nove democratas. Os democratas são todos contra a nomeação. Há uma votação marcada para esta tarde.

Em abril, Voinovich causou surpresa ao apoiar o pedido do partido de oposição de mais tempo para examinar o histórico de Bolton.

Os democratas argumentam que Bolton, em seu papel como principal diplomata dos EUA no campo do controle de armas, tentou coagir analistas de inteligência a se conformar com suas visões de linha-dura, intimidar subordinados e causar rejeição da comunidade de inteligência a ele. Bolton também é extremamente crítico em relação à ONU.

Mais cedo nesta quinta-feira, Bolton disse à comissão que um gestor de políticas públicas deveria ter o direito de “manter sua própria visão da inteligência”, mesmo quando ela difere da análise das agências de espionagem.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196