DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Senado dos EUA aprova retirada das tropas do Iraque a partir de julho

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira (29), por 51 votos contra 47, um projeto de lei para a destinação de fundos para as guerras no Iraque e Afeganistão que prevê o começo da retirada dos soldados americanos do Iraque em um prazo de quatro meses.

O projeto de lei contém uma cláusula não vinculativa que indica que as tropas americanas devem estar de volta até 1º de abril de 2008.

Essa vitória política do Partido Democrata, que defende o regresso das tropas norte-americanas do Oriente Médio, é mais um passo no duro enfrentamento com o presidente George W. Bush, do Partido Republicano, que já prometeu vetar a lei.

Nesta semana, Bush voltou a insistir em suas ameaças de vetar esse projeto de lei. “Vetarei qualquer projeto que restrinja nossos comandantes no terreno no Iraque, um projeto que não financia nossas tropas, um projeto que tem muitos gastos acessórios”, afirmou depois de uma reunião com legisladores de seu Partido Republicano.

O Iraque vive uma guerra civil (veja vídeo ao lado com novos ataques) desde que os norte-americanos derrubaram o regime do ex-ditador Saddam Hussein, há quatro anos.

Bush rejeita as propostas para fixar um prazo de retirada americana e criticou os democratas por acrescentar gastos não relacionados ao pacote orçamentário de emergência, que também deve financiar a guerra no Afeganistão.

O projeto aprovado nesta quinta-feira pelo Senado é semelhante ao que a Câmara dos Representantes (o equivalente à Câmara dos Deputados, no Brasil) votou dias atrás.

Agora, Câmara e Senado devem entrar em consenso para unificar os dois projetos aprovados. O texto em comum será levado a Bush.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153