DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Seleção Brasileira melhora mas não convence.

O Brasil novamente ganhou uma partida sem convencer na Alemanha. Após 90 minutos de um futebol pouco inspirado, a seleção fez 2 a 0 na Austrália, com gols de Adriano e Fred, e, mesmo sem a criatividade imaginada antes do início do Mundial, garantiu por antecipação sua passagem à segunda etapa do torneio.

No entanto com o resultado o Brasil chega a 6 pontos na classificação do Grupo F. Agora a equipe só pode ser alcançada pela própria Austrália na última rodada da primeira fase e por isso já está garantida nas oitavas-de-final do Mundial. Para confirmar o primeiro lugar da chave, precisa de um empate contra o Japão, na próxima quinta-feira( 22).

No jogo de deste domingo, o Brasil começou ameaçando ter uma atuação melhor do que na estréia, quando Kaká fez boa jogada com Ronaldo e quase abriu o placar aos 3min. Porém, depois disso, o time se perdeu em campo e não conseguiu criar boas jogadas durante todo o restante do primeiro tempo.

Enquanto isso, a Austrália, com um eficiente sistema defensivo, anulava os principais jogadores brasileiros, mas não tinha sucesso nas tentativas de chegar ao gol de Dida por meio de chutes de fora da área.

Na volta à segunda etapa, aos 4min, o Brasil conseguiu fazer o seu gol. Ronaldo recebeu pela esquerda do ataque e passou para Adriano, que ajeitou e chutou de esquerda, sem chances para o goleiro australiano.

Depois disso, porém, voltou a jogar mal, sem criar qualquer problema à defesa australiana e chegando a ser vaiado pela torcida. Enquanto isso, quem criava chances para o empate era a Austrália, beneficiada por falhas no setor defensivo brasileiro.

Até o final da partida, o que se viu foi uma Austrália partindo para o ataque, mas esbarrando na falta de opções ofensivas. No final do jogo, porém, foi o Brasil que ampliou o placar.

Num contra-ataque aos 45min, Fred, que acabara de entrar, tocou para Robinho na direita e partiu para dentro da área. Após Robinho acertar a trave, a bola sobrou para o mesmo Fred, que apenas completou para o gol, fechando o placar.

Apesar de não ter tido uma grande atuação, a seleção brasileira ampliou seu recorde de vitórias consecutivas em Mundiais, agora, soma nove, contando as sete que obteve em 2002, na Coréia do Sul e Japão, e as duas no Mundial deste ano.

O jogo

O Brasil partiu para o ataque no início e, aos 3min, numa boa troca de passes entre Kaká e Ronaldo, o meia do Milan chutou forte com o pé direito, de fora da área, e a bola passou perto da trave direita do goleiro Schwarzer.

Aos 10min, depois de uma falta violenta em Ronaldo pela direita, Roberto Carlos disparou forte, mas a bola foi longe do gol australiano. Apesar do maior tempo com a posse de bola, o Brasil não conseguia se impor e a Austrália, marcando bem, equilibrava a partida e chutava mais ao gol.

O Brasil repetia a fraca atuação da estréia, contra a Croácia. Os jogadores eram mal-sucedidos na tarefa de se livrarem da marcação adversária e não criavam perigo ao goleiro Schwarzer.

Num lance emblemático do desempenho brasileiro na primeira etapa, Ronaldinho passou para Kaká e este tocou, pelo alto, para Ronaldo. O atacante preparou o chute e nem sequer conseguiu acertar a bola, facilitando o trabalho da defesa australiana. Antes do final dos primeiros 45 minutos, ainda houve tempo para Bresciano assustar Dida, num tiro de fora da área.

Logo no começo do segundo tempo, aos 4min, o Brasil conseguiu abrir o placar. Ronaldo recebeu pela esquerda do ataque e tocou para Adriano. O atacante ajeitou e mandou rasteiro, no canto esquerdo, sem chances para Schwarzer. Na comemoração, Adriano e seus companheiros dedicaram o tento ao filho recém-nascido do atleta da Inter de Milão, Adriano Jr.

Depois disso, no entanto, a seleção brasileira voltou a jogar mal e permitiu ao adversário algumas chances. Aos 11min, após um cruzamento despretensioso, Dida saiu muito mal do gol e a bola sobrou livre para Kewell, que chutou para fora.

Apenas aos 25min, em uma jogada individual de Kaká, o Brasil voltou a ameaçar. O meia partiu do meio-de-campo, driblou um defensor e, já dentro da área, chutou cruzado, para defesa de Schwarzer.

Aos 27min, Parreira fez as duas primeiras alterações no time, colocando Gilberto Silva e Robinho nos lugares de Emerson e Ronaldo, respectivamente. O time melhorou e, aos 32min, Robinho quase fez o segundo, em duas oportunidades seguidas, a primeira em uma jogada com Adriano e a segunda após cobrança de escanteio realizada na seqüência.

Aos 34min, Dida impediu o empate, defendendo bem um chute de Bresciano, pela direita da grande área. Três minutos depois, Kaká acertou o travessão australiano, completando escanteio batido por Ronaldinho.

A Austrália voltou a criar chances, mas num contra-ataque aos 45min, Fred, que acabara de entrar no lugar de Adriano, tocou para Robinho na direita e partiu para dentro da área. Robinho chutou, a bola desviou no goleiro australiano e acertou a trave. Na sobra, Fred apenas completou, fazendo 2 a 0 e fechando o placar.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222