DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Schwarzenegger tem emprego extra de US$ 1 milhão

O governador do Estado americano da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, está recebendo US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,3 milhões) em troca de consultoria a uma editora de revistas de exercício.
Segundo a American Media Operations, o ex-ator recebe 1% das receitas de publicidade da editora, sendo que a maioria dos anunciantes são fabricantes de suplementos alimentares.

No ano passado, o governador vetou a proposta de lei que introduzia regulação do Estado à indústria de suplementos.

Críticos do governador afirmam que o emprego pode gerar conflito de interesses.

A porta-voz de Schwarzenegger negou que haja conflito de interesses, afirmando que ele cumpre com a lei e revela todas suas fontes de renda.

O ex-ator, que foi eleito em 2003, abriu mão do salário de governador de US$ 175 mil por ano (cerca de R$ 411.950). Pelas leis do Estado, ele e outros políticos eleitos podem ter outros empregos, além do cargo público.

Suplementos

A American Media Operations, que é subsidiária da American Media Inc. e publica as revistas Flex e Muscle & Fitness, revelou os pagamentos à comissão de valores americana.

Os pagamentos, que foram confirmados pelo gabinete do governador, podem chegar a US$ 8 milhões (cerca de US$ 18,832 milhões) em cinco anos.

Jackie Speier, deputada democrata da Califórnia e autora do projeto de lei de regulamentação dos suplementos, disse que o governador deveria deixar a consultoria.

“Sendo, ou não, um conflito de interesses, certamente dá a impressão de que é”, disse ela à agência de notícias ASsociated Press.

Para Larry Noble, que dirige o Centro para a Política Positiva, uma organização em Washington, há um conflito claro.

“Este é um dos casos mais claros de conflito de interesse que já vi”, disse ele.

“Isso põe em questão o julgamento dele sobre para quem trabalha, e o que ele acha que deve ao público.”

Mas a porta-voz do governador, Margita Thompson, disse que “o governador não dirigiu as vendas nem as atividades de marketing da American Media e não teve nenhum contato pessoal com qualquer anunciante para gerar os ganhos de publicidade”.

O contrato de Schwarzenegger com a American Media prevê que ele ajude a empresa com sugestões sobre “a direção editorial geral”. Ele não é obrigado a comparecer ao escritório ou cumprir expediente.

O governador também escreve colunas mensais para as duas revistas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
273