DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Sauditas são condenados a prisão e chicotadas por homossexualidade

Dois homens sauditas, um iemenita e outro jordaniano, foram condenados a dois anos de prisão e 2.000 chicotadas após serem flagrados pela polícia em uma suposta festa homossexual. A informação foi divulgada, nesta segunda-feira, por uma fonte próxima aos advogados dos acusados.

Em março, a polícia realizava uma ronda em um prédio em Jidda, no mar Vermelho. Cerca de 120 pessoas foram presas. Segundo a imprensa local, elas estariam festejando um casamento homossexual.

Outros 31 homens, cuja a nacionalidade não foram reveladas, foram castigados com seis meses a um ano de prisão e 200 chicotadas cada.

A sharia (lei islâmica) proíbe estritamente o homossexualidade na Arábia Saudita.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196