DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

São Paulo e Atlético-PR decidem a Libertadores

O país campeão da Taça Libertadores 2005 todos já conhecem há duas semanas. Falta saber qual time brasileiro terá o privilégio de levantar o troféu. Mas a dúvida termina nesta quarta-feira: São Paulo e Atlético-PR fazem às 21h45, no Morumbi, o duelo final entre o veterano que busca o tricampeonato e o calouro que almeja entrar no seleto grupo de campeões continentais. Como o primeiro jogo, em Porto Alegre, terminou 1 a 1, se houver novo empate, por qualquer placar, a decisão irá para a prorrogação e, se preciso, a disputa de pênaltis. O campeão garante vaga no II Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

Os dias que antecederam a decisão foram dedicadas à guerra de nervos, especialmente por parte dos atleticanos. Todos no rubro-negro de Curitiba garantem que o São Paulo preparou antecipadamente a festa do título.

– Aqui ninguém está celebrando, já eles acreditam que o título está decidido. Eu prefiro jogar antes – declarou o treinador.

Técnicos buscam bicampeonato da Libertadores

Para o supervisor de futebol são-paulino, Marco Aurélio Cunha, toda essa polêmica é apenas uma tática de Lopes para tentar motivar ainda mais seus jogadores para a partida decisiva.

– Esse tipo de doping psicológico que o Atlético-PR está tentando conseguir não faz o menor sentido. O São Paulo não definiu local de festa e respeita muito o adversário. Mas parece que o rival precisa de um livro de auto-ajuda para motivar os seus jogadores. Eles estão querendo criar um fato que não existe e inventam um monte de história – afirmou o dirigente.

Ganhador em 1992 e 1993, o São Paulo tenta ser o primeiro time do Brasil a vencer a Libertadores três vezes, superando em número de conquistas os outros três bicampeões do país: Santos (1962 e 1963), Cruzeiro (1976 e 1997) e Grêmio (1983 e 1995). Já o Atlético-PR decide pela primeira vez a Libertadores. O título seria a coroação de um trabalho que começou nos bastidores, com a construção do moderno estádio da Arena da Baixada, e vem dando frutos em campo, como a conquista do Brasileiro de 2001 e o vice ano passado.

O São Paulo conta com jogadores mais experientes, como o goleiro Rogério Ceni, que era reserva de Zetti naquela época, e o atacante Luizão, que venceu a Libertadores em 1998, pelo Vasco. Na ocasião, ele era dirigido pelo hoje rival Antônio Lopes. Aliás, não importa quem vença a partida, o Brasil ganhará nesta quarta-feira um técnico bicampeão da Libertadores. Um ano antes de Antônio Lopes levar o Vasco ao título, Paulo Autuori havia levantado a taça como treinador do Cruzeiro.

São Paulo x Atlético-PR

Local: Morumbi

Horário: 21h45

Árbitro: Horacio Helizondo (ARG)

São Paulo: Rogério Ceni; Fabão, Diego Lugano e Alex (Souza); Mineiro, Josué, Cicinho, Danilo e Júnior; Luizão e Amoroso. Técnico: Paulo Autuori.

Atlético Paranaense: Diego; Marcão, Durval e Danilo; Jancarlos, Cocito, Alan Bahía, Fabrício e Fernandinho (Evandro); Lima e Aloísio. Técnico: Antônio Lopes.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223