DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Santos vence o Corinthians na volta de Robinho

O atacante Robinho, que já acertou com o Real Madrid, vai mudar de clube sem nunca ter perdido para o Corinthians como profissional, mas neste domingo não teve uma boa atuação. A invencibilidade do Santos agora aumentou para 11 jogos. Sob os olhos do Rei Pelé, Giovanni deu show e comandou o time na Vila Belmiro. O meia fez de tudo um pouco na boa vitória por 4 a 2 sobre o rival, que jogou bem mas perdeu muitas oportunidades. Agora o Peixe subiu para 27 pontos na tabela e encostou de vez nos líderes do Brasileirão. Já o Corinthians segue com 31 pontos, mas não vai perder a segunda colocação.

Na próxima rodada, a 17ª do Campeonato Brasileiro, o Santos viaja para o Rio Grande do Sul, onde na quarta-feira enfrenta o Internacional, às 21h45m, no estádio Beira-Rio. Já o Corinthians recebe o Coritiba no Pacaembu, no mesmo dia, mas às 20h30m.

Logo no primeiro lance da partida, aos 22 segundos, o Santos abriu o placar. O argentino Frontini roubou a bola no meio campo e arrancou para o ataque, na intermediária ele rolou para Giovanni que chutou cruzado, a bola ainda bateu em Marinho antes de entrar. O Corinthians não se abateu e partiu para cima, buscando o empate. Aos 11 minutos Ávalos tentou tirar a bola, mas furou e quase fez gol contra. Aos 15, após excelente passe de Ricardinho, Frontini perdeu o gol na cara de Fábio Costa. Um minutos depois Tevez deixou Jô na cara de Saulo, mas o garoto chutou para fora.

Aos 17 Frontini perdeu outro gol fácil. Após receber lindo passe de Giovanni, que comandava todas as ações do Santos, o argentino mandou por cima do gol. Aos 32 Tevez deu um chute da entrada da área e o garoto Saulo salvou com uma linda defesa. No minuto seguinte o atacante argentino acertou lindo passe para Gustavo Nery, que rolou para Roger, mas o meia sozinho acertou o zagueiro Rogério na linha do gol. No rebote o mesmo Roger chutou e empatou a partida: 1 a 1. O Corinthians melhorou e aos 41 Jô fez um lindo lance. Após um chapéu em Paulo César ele chutou a bola na trave, no rebote Roger chutou e a bola passou rente à trave.

Giovanni comanda o Santos

No intervalo Robinho reclamou que estava sem ritmo de jogo e se sentia muito cansado. O segundo tempo começou bom, mas com poucas chances de gol. Giovanni continuava dando um show particular em campo e aos 9 minutos fez uma linda jogada. Após driblar três jogadores o meia rolou para Ricardinho, que sozinho na área chutou para marcar: 2 a 1. Aos 15 Giovanni recebeu sozinho fora da área e deu um lindo chute, marcando o terceiro gol do Santos e abrindo 3 a 1 no placar.

Sem se abater o Corinthians partiu para cima e aos 17 minutos Rosinei descontou após uma linda jogada de Jô. Pouco depois, aos 24, Léo Lima, que havia acabado de entrar, cruzou na medida para Ricardinho que furou, mas no rebote Wendell apareceu sozinho e escorou para marcar e fazer 4 a 2. Márcio colocou Dinélson e Bobô para buscar o empate.

A partida seguiu boa, mas sem chances de gol. Enquanto o Corinthians, desorganizado, buscava o empate, o Santos apenas controlava a vantagem. No final os torcedores na Vila Belmiro gritaram “olé” e comemoraram mais uma vitória sobre o rival.

Santos 4 x 2 Corinthians

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho (SP)

Gols: Giovanni aos 22 segundos e Roger aos 33 minutos do primeiro tempo. Ricardinho aos 9, Giovanni aos 15 e Rosinei aos 17 e Wendell aos 24 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Edson (COR) e Wendell (SAN)

Cartão Vermelho: Edson (COR)

SANTOS: Saulo, Paulo César (Léo Lima), Rogério, Ávalos e Wendell (Flávio); Fabinho, Bóvio, Ricardinho e Giovanni; Robinho e Frontini (Elton). Técnico: Gallo

CORINTHIANS: Fábio Costa, Édson, Sebá (Bobô), Betão, Marinho e Gustavo Nery; Mascherano, Rosinei (Dinélson) e Roger; Jô (Abuda) e Tevez. Técnico: Márcio Bittencourt

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
240