DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Russell Crowe entra em acordo em ação por agressão

O ator Russell Crowe entrou em um acordo com o recepcionista de um hotel em Nova York que o processou após ter sido supostamente atacado por ele com um telefone.
Poucos detalhes do acordo foram tornados públicos, mas alguns tablóides americanos disseram que Crowe pagou US$ 100 mil (cerca de R$ 242 mil) para que o funcionário retirasse a ação civil contra ele.

O ataque teria ocorrido em junho. Segundo a acusação, Crowe teria arrancado da parede um telefone que não funcionava, levado em seguida à recepção do hotel e atirado na direção do funcionário Nestor Estrada.

O ator neo-zelandês, que ganhou o Oscar em 2001 por seu papel como o general Maximus no filme Gladiador, ainda terá de responder a um processo criminal pelo ataque.

O agente de Crowe disse que “as duas partes expressaram satisfação” pelo acordo.

Desculpas públicas

Russell Crowe, que após o ataque ficou preso por várias horas e chegou a ser levado a um tribunal, algemado, diante das câmeras, já pediu desculpas publicamente pelo ataque, dizendo que foi uma das situações “mais vergonhosas” de sua vida.

Pouco após o incidente, em uma entrevista ao jornal australiano The Daily Telegraph, Crowe afirmou estar “no fundo do poço”.

Crowe atribuiu seu ataque de raiva em Nova York a uma rápida viagem à Grã-Bretanha, a alguns drinques e ao fato de não ter conseguido ligar para sua mulher, Danielle, e seu filho, Charles, que estavam em Sydney, na Austrália.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
167