DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Ronaldo: o maior goleador de todos os tempos.

O dia 27 de junho de 2006 ficará marcado para sempre na história da Copa do Mundo da FIFA. Foi na tarde desta terça-feira(27) que o brasileiro Ronaldo tornou-se o maior goleador de todos os Mundiais, com 15 gols.

Logo aos cinco minutos da partida contra Gana, válida pelas quartas-de-final, ele recebeu um passe primoroso de Kaká, que o deixou cara a cara com o goleiro Richard Kingson. O centro-avante só teve o trabalho de driblá-lo e empurrar para o fundo das redes.

Veja todos os gols que fizeram de Ronaldo o maior artilheiro de todas as Copas.

13º e 14º- 22 de junho de 2006; Japão 1:4 Brasil: 2 gols aos 46´+ e aos 81´.

O primeiro gol de Ronaldo no jogo e na Alemanha 2006 aconteceu de cabeça, nos acréscimos da primeira etapa. Ele completou um passe, também de cabeça, de Cicinho e só empurrou para as redes. Foi o gol de empate do Brasil.

O segundo do atacante foi o que encerrou a goleada. Surgiu após dominar a bola fora da área de costas para o gol e bater de virada, no canto. Este gol o colocou lado-a-lado com Gerd Müller, como os maiores artilheirosd todas as Copas.

11º e 12º- 30 de junho de 2002; Alemanha 0:2 Brasil: 2 gols, aos 67´e 79´.

Nesse dia Ronaldo marcou os gols mais importantes de sua carreira.

No primeiro ele briga por uma bola na entrada da área e passa para Rivaldo que chuta forte. O goleiro Oliver Kahn não segura e dá rebote e o atacante só tem o trabalho de empurrar para as redes. O pentacampeonato estava garantido.

No segundo, Kleberson puxa contra ataque pela direita e passa para Rivaldo na entrada da área, ele apenas deixa a bola passar e Ronaldo completa batendo rasteiro no canto esquerdo de Kahn.
10º- 26 de junho de 2002; Brasil 1:0 Turquia: 1 gol aos 49´.

Na semifinal, um gol de raça e habilidade: Ronaldo entra na área pela esquerda, passando por dois defensores e chuta de bico goleiro Rustu.

9º- 17 de junho de 2002; Brasil 2:0 Bélgica: 1 gol, aos 87´.

Ronaldo sacramentou a vitória em uma partida muito difícil – a Bélgica ameaçou até o fim. Kléberson escapou pela direita em contra-ataque e cruzou para o Ronaldo, livre, desviar para dentro e garantir o Brasil nas quartas-de-final.

7º e 8º- 13 de junho de 2002; Costa Rica 2:5 Brasil: 2 gols, aos 10´e aos 13´.

Ronaldo abriu o caminho para goleada brasileira marcando os dois primeiros gols.No primeiro, ele balançou as redes após completar um cruzamento de Edilson.

O segundo surgiu após cobrança de escanteio. Ronaldo recebeu na área, se desvencilhou da marcação adversária e bateu fraco, mas colocado no canto do goleiro.

6º- 8 de junho de 2002; Brasil 4:0 China: 1 gol aos 55´.

Cafu subiu ao ataque pela direita, deixando dois adversários para trás e lançou Ronaldo que facilmente venceu o goleiro Jiang Jin. Foi o quarto gol do Brasil na partida.

5º- 3 de junho de 2002; Brasil 2:1 Turquia: 1 gol aos 50´.

Antes dessa partida, poucos acreditavam Ronaldo pudesse brilhar no Mundial. O atacante vinha de quatro anos muito conturanbos e lesões gravíssimas no joelho. O Brasil saiu perdendo, no começo do segundo tempo, na estréia da Copa, mas Ronaldo deixou tudo igual apenas três minutos após a Turquia abrir o placar. Rivaldo cruzou e ele se atirou com os pés na bola para desviar para dentro.

4º- 7 de julho de 1998; Brasil 1:1 Holanda (4:2 PSO): 1 gol aos 46´.

O quarto e último gol que Ronaldo marcaria na Copa de 1998 foi semelhante a outros que ele já havia marcado naquele Mundial: Na semifinal contra a Holanda Rivaldo o lança em velocidade, ele ganha de Frank de Boer na corrida e toca por baixo do goleiro Van der Sar, que saiu para fechar o ângulo.

2º e 3º- 27 de junho de 1998; Brasil 4:1 Chile: 2 gols, aos 46´+, de pênalti e aos 70´.

O segundo gol de Ronaldo em Copas do Mundo foi de pênalti, nos acréscimos do primeiro tempo das oitavas-de-final, contra o Chile. Foi o terceiro gol do Brasil no jogo. Ele também marcaria o quarto, mais uma vez mostrando velocidade, ele recebe livre e toca na saída do goleiro Tapia.

1º- 16 de junho de 1998; BRA 3:0 Marrocos: 1 gol aos 9´.

Ronaldo teve de esperar a segunda partida de sua segunda Copa do Mundo para finalmente marcar seu primeiro gol. Ele aconteceu no começo da partida contra o Marrocos, quando o atacante foi lançado na área e bateu de sem pulo, no canto do goleiro marroquino.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222